Página Inicial arrow Viajantes e Turistas arrow Cuidados básicos na hora de contratar uma agência de viagem
Terça-feira - 25 de Junho de 2019

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase2.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Grupo Titanium
Crimes & Acidentes
Porto Service
QAP Segurança
Top Clean
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Lordello Consultoria
Méthodo Gestão Educacional
Leão Serviços
Pro Security
Protecães
Grupo GP
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Associação Nacional de Agentes de Segurança
ASC Service
Life Condomínios
JSEG Vigilância
NR Service
FL Terceirização
Grupo Padrão
Avitran
Grupo Vip
Seguridade
Condomínio em Foco
Wall Service
ATS Terceirização
Comunicação Juridica
Good Clean
Full
Terras de Gênova

Quem está On-line

Nós temos 3 visitantes online
Cuidados básicos na hora de contratar uma agência de viagem Email
Antes de viajar devemos pensar em segurança e não em lazer e divertimento. Por esse motivo, siga com muita atenção alguns cuidados importantes na hora de escolher uma agência de viagem idônea.



1) Verificar se a agência escolhida é associada à Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagem). Isso porque, para serem associadas, as empresas passam por um bom crivo e têm de apresentar vários documentos comprovando sua idoneidade.

2) As promoções que oferecem muitas facilidades devem ser estudadas e avaliadas com extrema cautela pelo consumidor.

3) Solicitar sempre, por escrito, tudo o que está sendo contratado (companhia aérea, hospedagem, localização exata do hotel e tipo de quarto (individual, duplo, etc.).

4) No caso de não haver um contrato por escrito, a Câmara Técnica de Turismo - composta por representantes do Procon-SP, da Associação Brasileira de Agências de Viagem de São Paulo (Abav-SP), da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) e do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de São Paulo (Sindetur-SP) - criou a Ficha de Roteiro de Viagem. Essa ficha, que já está sendo utilizada por algumas agências e operadoras, deve ser preenchida na frente do consumidor no ato da contratação. O processo visa a trazer transparência nas relações, equilibrando entre as partes a responsabilidade pela contratação, uma vez que fornecerá informações claras e precisas quanto ao serviço. O formulário contém a identificação da agência ou da operadora do serviço, descrição dos serviços solicitados pelo consumidor (características e tipo de programa, roteiro, duração, descrição dos meios de hospedagem, de transporte, locais e datas de saída e de retorno), detalhamento do preço e informações específicas (necessidade de vistos, vacinas, autorização para viagem de menores desacompanhados, etc.).

5) Procurar referências sobre a agência com pessoas de confiança que tenham usado os serviços e ligar para o cadastro de reclamações fundamentadas da Fundação Procon-SP (3824-0446) é uma saída, caso não se sinta seguro em contratar os serviços da agência.

6) Uma vez escolhida à empresa e o pacote, insista para fazer tudo por escrito. No contrato deve constar o que foi acertado verbalmente e oferecido pela publicidade. Atente para cláusulas que possam colocá-lo em desvantagem, sobretudo quanto à possibilidade de alterações em relação a hotéis, passeios, taxas extras e transporte. Não permita que constem espaços em branco. Guarde uma via datada e assinada, bem como todos os prospectos, anúncios e folhetos publicitários (eles integram o contrato).

7) Outros dados que devem ser verificados são os valores cobrados pelas partes aéreas e terrestres, categoria das passagens, taxas de embarque, traslados, refeições oferecidas, guias, número exato de dias, juros no pagamento a prazo e o que ficará por conta do viajante.

8) Feito o pagamento, a agência deve fornecer as passagens com datas de saída e de chegada, comprovantes de reserva nos hotéis e recibo dos valores pagos.

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement