Página Inicial arrow Terceira Idade arrow Segurança para a terceira idade
Segunda-feira - 15 de Agosto de 2022

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase1.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
ASC Service
Porto Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Méthodo Gestão Educacional
Comunicação Juridica
Seguridade
Lordello Consultoria
Top Clean
Wall Service
Método Lordello de Treinamento em Segurança
NR Service
ATS Terceirização
Grupo Vip
JSEG Vigilância
Crimes & Acidentes
Good Clean
Grupo GP
Full
Grupo Padrão
Life Condomínios
FL Terceirização
QAP Segurança
Pro Security
Protecães
Condomínio em Foco
Terras de Gênova
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Titanium
Avitran

Quem está On-line

Segurança para a terceira idade Email

Ficou estabelecido que 15 de junho é a data em que se discute "O Dia da Conscientização da Violência contra o Idoso". A terceira idade brasileira deve ficar atenta e sempre se socorrer da polícia e da justiça quando seus direitos forem usurpados. Se não bastassem os maus-tratos de parentes, os idosos têm sido vítimas de um novo tipo de violência: a econômica. É cada vez maior o número de familiares que se apropriam e usam indevidamente os cartões de aposentadoria, pensão e de crédito dos idosos. Outra prática comum é obrigar o beneficiário do INSS a contrair empréstimos consignados aqueles em que as parcelas da dívida são descontadas direto do benefício. De acordo com o Estatuto do Idoso, as duas práticas são consideradas crimes. A presidente do Conselho Municipal do Idoso de São Paulo, Irene Cruz Annes da Silva, revela que a cada semana aparecem pelo menos dois idosos com queixas desse tipo contra filhos ou netos. "Isso também é uma violência", diz Irene. Recentemente, um senhor pediu ajuda do conselho, após ter sido vítima da própria filha. "Ela pegou R$ 10 mil em empréstimo consignado sem ele saber, e o prazo de pagamento da dívida só acaba em 2010". Com medo de represálias dos outros filhos, o aposentado escondeu o fato, que só foi descoberto por um outro parente, que desconfiou dos pedidos de dinheiro para comprar pão feitos por ele. Para não ser vítima dos próprios parentes, aposentados e pensionistas devem tomar medidas preventivas contra o mau uso do seu cartão do INSS. Uma delas é nunca emprestar o cartão de crédito ou do benefício para o parente, a não ser que não seja possível se locomover. Outra sugestão é mandar uma terceira pessoa junto com o familiar para sacar a aposentadoria. Ela dará a garantia que não foi feito mau uso do cartão. O aposentado deve também procurar o gerente de sua conta bancária e solicitar bloqueio de qualquer empréstimo em seu nome. No caso de filhos ou netos viciados em drogas, a precaução com os cartões magnéticos deve ser redobrada.

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement