Página Inicial arrow Internet arrow 10 dicas para não ser vítima na internet
Quinta-feira - 21 de Outubro de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Terras de Gênova
Crimes & Acidentes
Condomínio em Foco
Porto Service
Comunicação Juridica
NR Service
Seguridade
Good Clean
Grupo Vip
Life Condomínios
Grupo Padrão
Grupo Titanium
Lordello Consultoria
Leão Serviços
Pro Security
Avitran
Grupo GP
FL Terceirização
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Top Clean
Protecães
QAP Segurança
ATS Terceirização
Wall Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
JSEG Vigilância
Associação Nacional de Agentes de Segurança
ASC Service
Méthodo Gestão Educacional

Quem está On-line

10 dicas para não ser vítima na internet Email

O juiz federal Roberto Cristiano Tamantini, da 2ª Vara de São José do Rio Preto/SP, condenou em agosto de 2007, oito acusados de tráfico internacional de remédios pela Internet. De acordo com as investigações, os réus tinham um esquema organizado; os comprimidos, que continham morfina, oxicodona, diazepan e zolpidem eram enviados através de remessas postais, após serem cuidadosamente embalados e ocultos em cartolina e tiras de algodão, para que passassem como envelopes de documentos e não fossem interceptados pelo correio ou pela polícia. Outras dezoito pessoas foram presas durante a Operação Colossus, realizada pela Polícia Federal, que desarticulou quadrilha especializada em utilizar a internet para furtar senhas de correntistas de bancos e falsificar cartões de crédito. As investigações começaram no início deste ano. Os federais descobriram que eles espalhavam e-mails falsos contendo vírus capazes de capturar dados bancários, para em seguida confeccionarem os cartões de crédito. Portanto, devemos ter muita cautela ao usar a rede mundial de computadores. Algumas dicas são fundamentais: 1)Instale barreira de proteção para acesso à Internet (firewall). 2)Mantenha atualizado o software do antivírus. 3)Faça uso do filtro de span oferecido pelo seu provedor. 4)Verifique seus e-mails inicialmente pela caixa de mensagem do provedor e não pelo Outlook. Delete imediatamente e-mails de internautas desconhecidos. Lembre-se que a curiosidade em abrir anexos pode facilitar que infectem o computador. 5)Não acredite em recadastramento de dados pessoais e bancários pela net. 6)A justiça e a polícia não fazem intimação via e-mails. 7)O computador mais seguro para usar o internet banking é o da sua residência. 8)Não utilize computadores de terceiros, de lan houses ou ciber cafés para acessar sua conta bancária. Lembre-se, seu computador residencial é o menos vulnerável. 9)Altere suas senhas pelo menos uma vez por mês. 10)Se você receber e-mail com conteúdo sobre pedofilia, denuncie o autor e delete a mensagem de sua máquina. Quem repassar esse tipo de mensagem eletrônica estará cometendo o mesmo crime do autor. A Polícia federal, através do setor de perícia em informática, criou o e-mail  Este endereço de email está protegido de spam bots, necessita ter o Javascript activado para o poder visualizar , para encaminhamento de denúncias de crimes praticados via internet. Ajude a polícia a combater os criminosos virtuais .

 

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement