Página Inicial arrow Extrato Bancário arrow Você cuida do extrato bancário?
Quarta-feira - 08 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase1.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Crimes & Acidentes
Grupo Padrão
Pro Security
Méthodo Gestão Educacional
ASC Service
Leão Serviços
Avitran
Grupo Vip
ATS Terceirização
NR Service
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Titanium
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Wall Service
Condomínio em Foco
Protecães
FL Terceirização
QAP Segurança
Comunicação Juridica
Seguridade
Terras de Gênova
Top Clean
JSEG Vigilância
Life Condomínios
Grupo GP
Lordello Consultoria
Porto Service

Quem está On-line

Você cuida do extrato bancário? Email

Muitas famílias que foram vítimas da criminalidade, principalmente na região do Alto Tietê, me procuraram solicitando esclarecimentos e respostas para diversas dúvidas em relação a estratégias preventivas para casas, prédios e empresas. Geralmente, é me apresentada a seguinte pergunta: "Dr.Lordello, por que minha família foi escolhida como vítima da vez?". A resposta é simples: "Vazamento de informações". Temos que entender que os criminosos não possuem "bola de cristal". As quadrilhas especializadas em seqüestros e invasões a prédios, casas e condomínios fechados, necessitam, inicialmente, o que chamo de informação privilegiada. Mas, como informações valiosas e confidenciais deixam o ambiente familiar e vão direto aos ouvidos dos marginais? As fontes de informações são múltiplas, tais como: a)Comentário de familiar a pessoas desconhecidas sobre a boa situação financeira; b)Ostentação de riqueza; c)Pressa na  contratação de funcionários, sem os devidos levantamentos necessários. d)Falta de cautela na guarda de informações bancárias. É incrível como muitas pessoas tratam o extrato bancário como uma informação qualquer. Se por ventura criminosos tiveram acesso a informações bancárias, tais como poupança e aplicações financeiras, a probabilidade de ação criminosa é bastante alta. Portanto, gostaria de ofertar algumas orientações ao amigo leitor: 1)Após abrir o extrato, não o deixe sobre a mesa e também não tenha o péssimo hábito de guardar as informações bancárias em uma gaveta. 2)Jamais jogue extrato amassado ou papel com dados importantes da família no lixo. Diversas quadrilhas especializadas recolhem o lixo de empresas e de residências em busca de informações. 3)O ato de rasgar os dados bancários não é suficiente, qualquer pessoa poderá montar o quebra cabeça e descobrir dados importantes de sua vida. 4)Toda documentação contendo informações bancárias e pessoais deve ser destruída, e o melhor caminho é o triturador de papeis. 5)Os mais precavidos direcionam a correspondência bancária para uma caixa postal em agência de correio, com receio de extravio e que passe nas mãos de diversas pessoas.

 

Dr. Jorge Lordello

 

Próximo >
 AdvertisementAdvertisement