Página Inicial arrow Protegendo-se das Fraudes arrow O perigo de expor informações
Domingo - 29 de Novembro de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

ASC Service
Life Condomínios
Protecães
Comunicação Juridica
Porto Service
Wall Service
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Vip
Pro Security
ATS Terceirização
Avitran
Seguridade
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Terras de Gênova
Leão Serviços
FL Terceirização
Crimes & Acidentes
Méthodo Gestão Educacional
Lordello Consultoria
Grupo Padrão
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
NR Service
Grupo Titanium
QAP Segurança
Top Clean
Grupo GP

Quem está On-line

O perigo de expor informações Email

Na semana passada estive em Curitiba, no Estado do Paraná. No Estação Convention Center, ministrei, para um público de quase 700 diretores e gerentes de empresas, uma palestra sobre prevenção a fraudes internas e externas. Meu vôo partiria às 6h52. Como sempre me preocupo em chegar com folga, fiz o check in às 05h30 e aproveitei o tempo de espera para dar uma olhada na livraria e depois tomar um café. O aeroporto de Cumbica já tinha intenso movimento de pessoas. Muitos executivos trajavam camisetas com o logotipo de suas empresas. Alguns, ainda, portavam crachás de identificação, contendo nome completo e até cargo. Será que existe algum perigo nessas condutas? Prevenir é sempre melhor que remediar. Como acredito que se deva evitar a exposição desnecessária de informações pessoais e empresariais, entendo que tais práticas poderiam ser evitadas. É bem possível que alguns leitores pensem: "Será que o Dr. Lordello não está exagerando?". Não estou, tenho certeza. Há 22 anos realizo intensa pesquisa criminal. Entrevistei mais de 1250 marginais e cerca de 2200 vítimas de diversos tipos de delitos. Posso garantir que muitos assaltos e seqüestros tiveram início com o vazamento de uma simples informação. Continuava esperando a chegada do avião, quando um homem, de aproximadamente 45 anos, sentou-se na poltrona ao lado. Trajava uma camiseta pólo de cor preta, com o símbolo da empresa em amarelo, afixado nas costas. Aproveitei para verificar até onde ele divulgaria detalhes do local onde trabalhava. Logo de início fiz um elogio à camiseta e o comentário foi interessante: "Foi idéia de meu Diretor de Marketing, Sr. Otacílio. Pra mim foi uma mão na roda, agora, quase não uso mais minhas roupas. Até para ir à ginástica me visto assim, combina com qualquer situação”. Continuei com a conversa em "banho maria", aos poucos ele foi dando mais informações. Com a aproximação da aeronave, levantei a possibilidade de comprar a tal camiseta. A resposta foi surpreendente: "Tome meu cartão de visita, envie seu endereço por e-mail que remeto de presente a você". O cartão consignava dados excessivos sobre a firma e até o cargo do funcionário: "Gerente Financeiro". Se a informação é o segredo de todo negócio, então devemos guardá-la a 7 chaves. 

 

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement