Página Inicial arrow Golpes por Telefone arrow Nova estratégia do falso sequestro
Quarta-feira - 08 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Grupo Vip
ATS Terceirização
NR Service
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Avitran
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Wall Service
Porto Service
Crimes & Acidentes
Grupo Padrão
Pro Security
Condomínio em Foco
Protecães
FL Terceirização
QAP Segurança
Comunicação Juridica
Seguridade
Terras de Gênova
Top Clean
JSEG Vigilância
Life Condomínios
Grupo GP
Lordello Consultoria
Méthodo Gestão Educacional
Grupo Titanium
ASC Service
Full
Leão Serviços
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean

Quem está On-line

Nova estratégia do falso sequestro Email

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos criminosos, com intuito de pegar de "surpresa" pessoas que atendem ligações telefônicas sem as devidas cautelas. Uma das mais recentes estratégias funciona da seguinte forma: o usuário de telefonia celular recebe ligação de uma voz feminina empostada, apresentando-se como sendo de sua operadora celular. A conversa é mais ou menos assim: "Bom dia senhor, sou da área de segurança de sua operadora e venho lhe informar que sua linha celular, provavelmente, foi clonada. Já constatamos débitos altíssimos na conta, com centenas de ligações para o exterior". O cliente, assustado, diz: "Puxa vida, mas eu não conheço ninguém fora do país! Olha, eu não vou pagar por esses telefonemas". A suposta funcionária explica: "Fique tranquilo, estamos tomando todas as providências para sanar as irregularidades. Para resolver o problema, sem haver necessidade de trocar seu número, solicito que desligue seu aparelho por 1hora, enquanto nossos técnicos providenciam o conserto. Amanhã entrarei em contato explicando todos os nossos procedimentos de ajustes. Mas fique tranquilo, pois em sua conta serão cobradas apenas as ligações feitas pelo senhor. Qualquer dúvida, entre em contato com nossa central de relacionamento". O cliente se acalma e segue as orientações recebidas, ou seja, desliga, imediatamente, o celular. Nesse exato momento entra em ação a segunda parte do plano criminoso. Outro marginal, do sexo masculino, liga para a residência da vítima e profere sérias ameaças à esposa, alegando que o marido fora sequestrado, exigindo depósito de R$ 5.000,00 em conta bancária. A mulher, apavorada, exige prova de que o marido está realmente sequestrado. Em tom agressivo, o criminoso diz que o refém está no cativeiro e pode ser morto a qualquer momento. Em seguida, ele ordena que ela tente ligar para o celular do marido, fato que a deixa totalmente desnorteada, pois a ligação só dá caixa postal. O bandido, aos berros, ordena que a mulher se dirija ao banco e faça o depósito ordenado. Portanto, amigo leitor, não atenda pedidos formulados via telefone fixo ou celular, provavelmente, se trata de um golpe. Para que a área técnica da operadora cheque algum problema em linhas celulares, não é necessário desligar o aparelho. Portanto, não há justificativa para atender tal solicitação.

Dr. Jorge Lordello
 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement