Quinta-feira - 16 de Agosto de 2018

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Wall Service
Pro Security
Leão Serviços
Avitran
ATS Terceirização
Life Condomínios
Méthodo Gestão Educacional
Grupo Vip
Full
Crimes & Acidentes
Seguridade
NR Service
Porto Service
Lordello Consultoria
Grupo GP
Condomínio em Foco
QAP Segurança
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Terras de Gênova
FL Terceirização
Grupo Titanium
Protecães
Good Clean
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Top Clean
ASC Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Grupo Padrão
JSEG Vigilância
Comunicação Juridica

Quem está On-line

Nós temos 2 visitantes online
Como agir durante um assalto? Email
A prática de roubo já se tornou acontecimento comum na maioria das capitais brasileiras. O crescimento das cidades traz consigo a violência urbana e é desta violência que devemos nos proteger.

Praticamente todos nós já tivemos um parente ou amigo que foi assaltado ou esteve sob a mira de um revolver. Alguns saíram ilesos e outros, infelizmente, foram baleados.

Aí surge uma pergunta importante e útil: Por que algumas vítimas morrem nas mãos de um ladrão e a grande maioria sai ilesa, perdendo apenas seus pertences?

A resposta a esta pergunta é crucial para a sobrevivência de muitas vítimas. Preste bastante atenção no relato de um bárbaro crime que ocorreu em setembro de 2002, pela manhã:

Valdir da Silva deixava sua residência no Embu com seu veiculo, acompanhado do filho Mateus de apenas 3 anos. Repentinamente surgem dois marginais armados que anunciam o assalto. O susto teria feito o motorista acelerar o carro. Um dos criminosos fez um disparo que atingiu o peito da criança que faleceu antes de chegar ao pronto socorro.
Vamos supor que o leitor fosse convidado para ir a um acampamento no meio da selva amazônica. Provavelmente você teria antes de passar por um treinamento para aprender a lidar com os perigos da mata fechada e suas armadilhas ardilosas. Sabedor de todas essas orientações, você com certeza correria menos riscos do que uma pessoa que se recusa a aprender essas informações valiosas.

Vamos a outro caso que vivenciei como Delegado de Polícia:
O ajudante geral M.H.B. conduzia sua motocicleta, com a namorada na garupa, na região de Palmeiras. Repentinamente surge outro motociclista que emparelha sua moto com M.H.B. O garupa saca de sua arma de fogo e anuncia o assalto. O ajudante geral acelera a motocicleta e o marginal faz um disparo atingindo as costa da namorada de M.H.B. que fica paraplégica. Graças a uma competente investigação os assaltantes, uma semana depois, foram presos em Ribeirão Pires.


Mas, como se portar durante um assalto? Veja algumas dicas:

1) No momento em que o bandido tira o revolver da cintura ou anuncia verbalmente o assalto, a vitima não deve tentar fugir, correndo ou acelerando moto ou carro. Nesses casos normalmente o marginal faz um disparo na direção da vitima que tenta evadir-se.

2) Jamais reaja, pois 80% das vítimas que tentaram impedir um assalto foram baleadas.

3) Não realize movimentos bruscos, pois o criminoso pode imaginar que você esta esboçando uma reação ou tentando pegar uma arma de fogo.

4) Iniciado o roubo permaneça imóvel, mostrando sempre as mãos e siga as determinações do bandido.


5) Antes de realizar qualquer movimento (principalmente com as mãos) avise verbalmente o marginal para que ele não leve um susto e acabe acionando o gatilho do revolver.

6) Após anunciar o movimento que pretende realizar, faça-os de maneira lenta, sem afobação.

7) Não olhe para os olhos do marginal, pois isso pode irritá-lo, tornando-o ainda mais tenso.

8) Não tente negociar bens num momento tão crítico e perigoso. Pense somente na sua integridade física e mental e por isso entregue todos os pertences que o marginal ordenar.

9) Mesmo que você tenha certeza que o ladrão possui uma arma de brinquedo, não tente dominá-lo, pois eles sempre estão acompanhados e o comparsa pode te ferir pelas costas.

Durante o assalto 

Solicito que o leitor divulgue essas dicas a seus familiares e amigos, como forma de combatermos a violência urbana.

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >