Página Inicial arrow Proteção e Segurança arrow Quem subtraiu peças de meu carro?
Sexta-feira - 15 de Novembro de 2019

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Grupo Vip
Wall Service
Porto Service
Grupo Padrão
FL Terceirização
Good Clean
Crimes & Acidentes
Top Clean
Lordello Consultoria
Terras de Gênova
Seguridade
Life Condomínios
Método Lordello de Treinamento em Segurança
JSEG Vigilância
Grupo Titanium
Protecães
Condomínio em Foco
QAP Segurança
Grupo GP
Full
ASC Service
Leão Serviços
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Pro Security
ATS Terceirização
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
NR Service
Avitran
Méthodo Gestão Educacional
Comunicação Juridica

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Quem subtraiu peças de meu carro? Email

Nos últimos meses o comentário de diversos proprietários de carros tem sido o seguinte: "Cuidado com o estepe, está tendo muita subtração". A constatação é das seguradoras de autos, que não param de receber notificações dos segurados relatando o sumiço do estepe. O pior é quando o motorista descobre o desaparecimento do estepe somente quando o pneu do automóvel fura. Portanto, antes de viajar ou realizar trajeto para locais distantes e ermos, o melhor é verificar se o do seu veículo está no devido lugar e em condições de uso. Imagens obtidas através de câmeras localizadas em estacionamentos de shoppings, mostram jovens criminosos subtraindo estepes em plena luz do dia. Empresas especializadas em artigos para segurança automotiva já lançaram travas para estepe, com o intuito dificultar a ação criminosa. Por outro lado, não podia deixar de avisar o amigo leitor que duas novas modalidades de furto de peças de carros já estão ocorrendo. Observe a narrativa de duas vítimas que me enviaram e-mail: 1) Recentemente troquei meu carro usado por auto de luxo. Após duas semanas levei minha esposa ao teatro e depois fomos jantar em restaurante estrelado. Nos dois lugares deixei o auto com manobristas. No dia seguinte, quando fui dar a partida no veículo, fiquei surpreso ao perceber que a bateria não apresentava sinal de carga. Ao levantar o capô, me indignei ao notar que haviam trocado a bateria novinha por uma velha e pequena. 2) Possuo veículo popular 0 km. No quarto mês de uso, dirigia por estrada no interior paulista, quando, ao realizar curva, o automóvel capotou, inexplicavelmente, sendo que estava dentro da velocidade permitida e não chovia no momento. O carro foi guinchado pela seguradora, que constatou que os amortecedores haviam sido trocados por similares usados e em péssimo estado de conservação. Portanto, ao deixar veículo nas mãos de manobristas de estacionamentos e vallet´s, e também em lava rápidos, é de suma importância realizar vistoria no auto na presença do funcionário, mostrando a presença das peças acima citadas. Se você possui pertences dentro do carro, como CDs, pasta, celular, notebook, peças de roupa, etc., exiba tudo ao manobrista, para que ele não alegue desconhecimento na hora de devolver o veículo.

 

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement