Página Inicial arrow Golpes por Telefone arrow Como atender uma ligação com segurança
Domingo - 22 de Setembro de 2019

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase1.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Grupo Padrão
Top Clean
Grupo GP
Pro Security
Associação Nacional de Agentes de Segurança
NR Service
Lordello Consultoria
Comunicação Juridica
Grupo Vip
JSEG Vigilância
Seguridade
Porto Service
ASC Service
QAP Segurança
Full
Grupo Titanium
FL Terceirização
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Protecães
Crimes & Acidentes
Avitran
ATS Terceirização
Terras de Gênova
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Wall Service
Condomínio em Foco
Life Condomínios
Leão Serviços
Good Clean
Méthodo Gestão Educacional

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Como atender uma ligação com segurança Email
Especialistas na área de segurança privada criaram um termo interessante chamado Conduta Pró-Ativa. Quando falamos em segurança, logo lembramos da palavra prevenção, pois agir depois que acontece o problema não é nada inteligente. Imagine uma pessoa que decide cuidar da saúde somente depois do primeiro enfarte. Ou a família que decide adotar medidas preventivas somente depois de um seqüestro ou assalto.

Golpes por telefone Conduta Pró-Ativa, nada mais é que a antecipação do problema antes que ele aconteça.
Na verdade, o grande segredo na área de segurança é a prevenção, que é uma capa invisível que nos protege da criminalidade.

Nos dias de hoje temos que confiar, desconfiando, mesmo quando atendemos uma ligação telefônica. Tenha sempre em mente que a chamada telefônica é um meio inseguro de comunicação, pois você nunca sabe quem está do outro lado da linha.
Desta forma é importante conhecer e por em prática algumas dicas:

1) Inicialmente solicite a companhia telefônica que seu número não conste da lista de assinantes.

2) Ao responder uma ligação, jamais forneça seu nome ou número do telefone.

3) Tente descobrir sempre o nome e número da pessoa que está ligando para você.

4) Instale o identificador de chamadas (Bina), para conferir se a pessoa que está do outro lado da linha esta falando a verdade.

5) Instrua familiares e funcionários a não fornecerem dados por telefone. Em hipótese alguma forneça o número e senha de sua conta corrente ou cartão de crédito, mesma que a pessoa se intitule funcionário da agência onde você tem conta.

6) Crianças (0 a 8 anos) não devem atender telefones e para tanto cabe a você proibi-las o quanto antes.

7) Peça para alguém ligar para sua casa, para verificar se as pessoas estão seguindo suas orientações.

8) Tome cuidado com o que fala no telefone, pois a conversa pode estar sendo gravada.

9) Grandes empresas tem seguido nosso conselho de instalar em suas linhas telefônicas o anti-grampo com o intuito de evitar espionagem industrial, desvios de informações e produtos, seqüestro, ameaça, extorsão etc.

10) Está provado que e-mail, apesar de facilitar nossa vida, não é um meio seguro de comunicação, pois ele pode ser facilmente rastreado. Utilize-se do velho e bom fax para enviar informações privilegiadas.

11) Nunca se esqueça que paredes têm ouvidos. Lembre-se que não é nada difícil ter em sua firma um funcionário infiltrado pelo concorrente para ouvir conversas de gerentes e diretores.

Talvez o leitor esteja pensando: Será que o Dr. Jorge Lordello não esta exagerando com tanta prevenção?
Reflita sobre essa estorinha e chegue a uma conclusão:

Faltava 5 minutos para a reunião começar e o Presidente da empresa notou que um dos principais diretores ainda não havia chegado. De repente surge uma secretária e diz emocionada: "Meu chefe não poderá vir pois acaba de falecer no escritório vitima de um ataque cardíaco". Imediatamente o Diretor de segurança gritou: "Levem-no rapidamente para o Hospital mais próximo para que os médicos tentem reanimá-lo". A secretaria em prantos desabafa: "Bobagem, o médico da empresa acaba de constatar o óbito do meu chefe". O indignado Diretor de segurança brada: "Levem-no ao hospital assim mesmo". O Presidente da empresa solicita uma explicação: "Mas do que adianta levá-lo para o hospital se já foi constatada sua morte?". O prevenido Diretor comenta: "E que mal fará?".

Tenha sempre em mente, que prevenção nunca é demais.

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement