Página Inicial arrow Golpes por Telefone arrow É possível bloquear sinal de celular em presídios?
Terça-feira - 25 de Junho de 2019

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase5.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

JSEG Vigilância
NR Service
FL Terceirização
Grupo Padrão
Avitran
Grupo Vip
Seguridade
Condomínio em Foco
Wall Service
ATS Terceirização
Comunicação Juridica
Good Clean
Full
Terras de Gênova
Grupo Titanium
Crimes & Acidentes
Porto Service
QAP Segurança
Top Clean
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Lordello Consultoria
Méthodo Gestão Educacional
Leão Serviços
Pro Security
Protecães
Grupo GP
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Associação Nacional de Agentes de Segurança
ASC Service
Life Condomínios

Quem está On-line

É possível bloquear sinal de celular em presídios? Email
Muitas empresas preocupadas com o vazamento de informações e também com o intuito de manter completo sigilo de reuniões importantes, têm optado pela instalação de bloqueadores de celulares, impedindo assim o funcionamento de qualquer aparelho na área delimitada.

Agendei visita a um amigo israelense especialista em espionagem e contra espionagem, para obter maiores esclarecimentos sobre esse assunto que gerou tanta polêmica nas últimas semanas.

A facção criminosa denominada PCC, surgiu em São Paulo em 1990, no Centro de Reabilitação de Taubaté, para onde eram transferidos presos indisciplinados que matavam nas prisões ou que lideravam rebeliões. 8 criminosos de alta periculosidade elaboraram os preceitos da organização conhecida como "Primeiro Comando da Capital", que se espalhou pelas cadeias brasileiras, contando atualmente com milhares de participantes.

O principal meio de comunicação e articulação, é a telefonia celular. Das 110 penitenciárias paulistas, apenas 8 têm bloqueadores de celulares, que por sinal são obsoletos. Os lideres da facção, conhecidos como "torres", dão ordens de dentro das cadeias para os chamados "pilotos", que coordenam as operações criminosas, distribuindo tarefas para os "soldados" executarem nas ruas. O principal meio de comunicação é o telefone celular. Mas, como impedir o uso de celulares nos presídios?

A resposta é simples: instalando equipamento que custa cerca de 90 mil reais e que bloqueia sinais de celulares que utilizam as tecnologias CDMA, TDMA e GSM. Solucionaria todo esse problema e impediria o uso de qualquer celular dentro dos estabelecimentos prisionais.

Golpes por telefone
Celulares encontrados durante revista em presídio do Rio Grande do Sul


Outra solução, e mais barata, é a chamada "gaiola de faraday", ou seja, coloca-se uma tela de galinheiro envolvendo todo o presídio ou simplesmente nas celas que abrigam os presos mais perigosos. Essa tela acaba conduzindo as ondas eletromagnéticas, não permitindo o uso de celulares.

O engraçado é que somos barrados nas portas giratórias dos bancos que possuem detectores de metais, quando estamos portando aparelho celular ou qualquer objeto metálico, mas, os familiares e advogados dos presos quando vão aos presídios ...

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement