Página Inicial arrow Trânsito arrow A permissão internacional para dirigir só pode ser emitida pelo DETRAN-SP ou pelas Ciretrans
Quarta-feira - 16 de Abril de 2014

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase7.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Full
Grupo GP
Seguridade
Grupo Padrão
Condomínio em Foco
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Vip
Pro Security
ATS Terceirização
NR Service
QAP Segurança
Wall Service
Grupo Titanium
Protecães
Lordello Consultoria
Porto Service
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
Life Condomínios
Comunicação Juridica
JSEG Vigilância
Top Clean
ASC Service
Terras de Gênova
Méthodo Gestão Educacional
Avitran
FL Terceirização
Crimes & Acidentes
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Leão Serviços

Quem está On-line

Nós temos 4 visitantes online
A permissão internacional para dirigir só pode ser emitida pelo DETRAN-SP ou pelas Ciretrans Email
Desde o dia 03 de julho de 2006, quem for viajar para o exterior e pretende dirigir deve providenciar junto ao DETRAN-SP (Departamento Estadual de Trânsito) ou às Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito) a nova PID (Permissão Internacional para Dirigir).  Por determinação do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a PID passa a ser padronizada e emitida diretamente pelos órgãos estaduais de trânsito.

A PID será aceita em mais de cem países (ver relação abaixo), porém não será válida para circular em território nacional, portanto, não substitui a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Na Capital para obter a permissão, o condutor deve entregar no Setor de CNH Internacional, 4º andar do Detran-SP, uma cópia da CNH, um requerimento de solicitação (ver modelo anexo) e o comprovante de pagamento da taxa de R$ 153,23. Para ter o documento entregue em casa, a taxa é de R$ 162,23. O prazo para a entrega do documento é de 4 dias úteis.

Esclarecemos que o condutor que ainda tiver com a CNH antiga (sem foto), deverá trocar pela nova antes da emissão da PID, pois a foto utilizada na permissão será a mesma da Carteira Nacional de Habilitação.

A PID terá a mesma categoria, restrições médicas e validade da Carteira Nacional de Habilitação. Não será emitida a PID aos condutores que estiverem habilitados apenas na categoria “ACC” (conduzir ciclomotores), aos que estiverem cumprindo suspensão do direito de dirigir ou aos que tiverem restrições administrativas ou judiciais que impeçam a expedição da CNH. Caso o condutor tenha que entregar a CNH para cumprir alguma penalidade, será exigida também a entrega da Permissão Internacional.

Alertamos que somente o DETRAN ou as Ciretrans podem emitir a PID. Nenhuma outra entidade está autorizada a expedir a permissão. Países onde será aceita a Permissão Internacional para Dirigir (PID):África do Sul, Albânia, Alemanha, Angola, Argélia, Argentina, Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Belarus (Bileo Rússia), Bélgica, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Cazaquistão, Chile, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Grécia, Guatemala, Guiana, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Marrocos, México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Namíbia, Nicarágua, Níger, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), República Centro-Africana, República Democrática do Congo, República Checa, Republica Dominicana, Romênia, San Marino, São Tomé e Príncipe, Seichelles, Senegal, Sérvia e Montenegro, Suécia, Suíça, Tadjiquistão, Tunísia, Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.


Caio Ferretti
Assessoria de Comunicação do DETRAN-SP
 

< Anterior   Próximo >
AdvertisementAdvertisementAdvertisement