Página Inicial arrow Golpes por Telefone arrow Cautela máxima com idosos
Terça-feira - 25 de Junho de 2019

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Good Clean
Full
Terras de Gênova
Grupo Titanium
Crimes & Acidentes
Porto Service
QAP Segurança
Top Clean
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Lordello Consultoria
Méthodo Gestão Educacional
Leão Serviços
Pro Security
Protecães
Grupo GP
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Associação Nacional de Agentes de Segurança
ASC Service
Life Condomínios
JSEG Vigilância
NR Service
FL Terceirização
Grupo Padrão
Avitran
Grupo Vip
Seguridade
Condomínio em Foco
Wall Service
ATS Terceirização
Comunicação Juridica

Quem está On-line

Nós temos 2 visitantes online
Cautela máxima com idosos Email
A delegada Rosicleide de Castro, titular da delegacia de Defraudações e Falsificações de Fortaleza, no final de junho de 2006, deu voz de prisão a seis presos que, de dentro de uma cela do Presídio Olavo Oliveira, tido como de segurança máxima, aplicavam o golpe do falso seqüestro por telefone.

A delegada comentou as declarações de um dos presos no interrogatório: "Não temos o que fazer na prisão, então vamos pegar dinheiro de otários". A policial disse ainda: "Prender presos em flagrante foi algo inédito na minha carreira".

Foram apreendidos na cela diversos exemplares de listas telefônicas de vários Estados e dezenas de chips de celulares. No dia 20 de outubro do mesmo ano, o país ficou chocado com a morte ocorrida em São José dos Campos.

A aposentada Sebastiana Emiliana Ribeiro, de 73 anos, morreu vítima de enfarte, ao receber um trote por telefone; era o famigerado "falso seqüestro virtual". Criminosos ligaram dizendo que seu filho fora seqüestrado. Com o susto, Sebastiana começou a passar mal e foi socorrida ao Hospital Municipal, falecendo em seguida.

Na semana passada recebi telefonemas de dois amigos, comentando que familiares haviam recebido ligações do chamado "telemarketing do crime", anunciando o "falso seqüestro de parentes". O tio de um deles, de idade avançada, precisou de atendimento médico devido às ameaças feitas pelos criminosos.

Portanto, saliento ao leitor, que tenha uma conversa séria com seus familiares, principalmente com os cardíacos e os que atingiram a terceira idade, para explicar sobre esse novo "golpe" via telefone fixo e celular. Diariamente, milhares de pessoas em todo Brasil recebem ligações telefônicas anunciando seqüestros de parentes próximos e exigindo pagamento imediato de quantias que variam de R$ 3.000,00 a R$ 10.000,00, a serem depositadas em contas bancárias abertas com documentos falsificados ou determinando a compra de créditos para telefones pré-pagos.

Previna a todos em sua casa para que não atendam chamadas de números desconhecidos, principalmente interurbanos. A instalação do identificador de chamadas, tanto para a linha fixa, como para a celular, é fundamental para a prevenção. Em caso de ameaças por telefone, a orientação é desligar imediatamente e registrar Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima.

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement