Página Inicial arrow Equipamentos que Protegem arrow Deveres do operador do Rádio HT
Segunda-feira - 15 de Agosto de 2022

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase8.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
Life Condomínios
FL Terceirização
QAP Segurança
Pro Security
Protecães
Grupo GP
Full
Grupo Padrão
Condomínio em Foco
Terras de Gênova
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Titanium
Avitran
ASC Service
Porto Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Méthodo Gestão Educacional
Comunicação Juridica
Seguridade
Lordello Consultoria
Top Clean
Wall Service
Método Lordello de Treinamento em Segurança
NR Service
ATS Terceirização
Grupo Vip
JSEG Vigilância
Crimes & Acidentes
Good Clean

Quem está On-line

Deveres do operador do Rádio HT Email
O operador, como elemento ativo da comunicação, tem seus deveres bipartidos, ora em relação à própria comunicação-rádio, ora em relação ao equipamento rádio que a viabiliza.

Deveres em relação à comunicação-rádio

A esse respeito podem, objetivamente, ser elencados como deveres do perador, os seguintes:

1) Certificar-se de que a estação está sintonizada no canal adequado;

2) Pensar no que vai falar ou efetuar a leitura prévia da mensagem a ser ditada, antes de iniciar a comunicação-rádio;

3) Usar linguagem limpa e clara, sempre em tom moderado e cadenciado; especialmente, quando houver necessidade de registro escrito por parte de quem irá receber a mensagem;

4) Manter-se atento às chamadas e aos acontecimentos na rede;

5) Atender, prontamente, às chamadas dirigidas ao prefixo da estação que estiver operando;

6) Evitar o desperdício de tempo na transmissão de mensagens, especialmente com aquelas demasiada e desnecessariamente longas;

7) Zelar pela ética:

a) Não transmitindo as pessoas estranhas ao serviço informações que obtiver em decorrência da função de operador;
b) Não utilizar-se do meio para outro fim não autorizado, como o
extravasamento de insatisfações de qualquer natureza, jocosidades,
obscenidades, incitamentos, etc.;
c) Buscar constantemente aperfeiçoar seus conhecimentos gerais em relação à operação do equipamento;
d) Empregar corretamente os meios auxiliares da transmissão de mensagens;
e) Não utilizar o equipamento-rádio para transmitir mensagens de caráter particular.
f) Falar ao microfone do equipamento, a uma distância aproximada entre 05 e 10 centímetros, durante a comunicação-rádio;
g) Realizar teste de funcionamento do equipamento logo no inicio de
h) Manter a estação sintonizada no canal de operação próprio;
i) Enunciar a palavra “câmbio”, sempre que terminar uma locução e desejar ceder a vez da fala ao seu interlocutor; ou, simplesmente, terminar a transmissão de uma mensagem.




Deveres em relação ao equipamento-rádio

Em relação ao equipamento-rádio, deve o operador:

1) Zelar por sua integridade, protegendo-o contra os elementos que possam lhe causar dano, como umidade, calor e poeira excessiva, queda; e, ainda, das tentativas não autorizadas de repará-lo;

2) Conhecer e aprimorar seus conhecimentos em relação ao correto manuseio de seus controles; bem como ao seu emprego adequado e pleno;

3) Comunicar, imediatamente, a quem de direito, a cerca das panes que detectar no equipamento-rádio e/ou no sistema, com vistas a sua depanagem; e, ainda, sobre as interferências percebidas.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement