Página Inicial arrow Equipamentos que Protegem arrow Câmeras e Mini-câmeras
Sexta-feira - 31 de Outubro de 2014

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase2.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Wall Service
Avitran
Protecães
Grupo Padrão
FL Terceirização
Comunicação Juridica
Life Condomínios
JSEG Vigilância
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Top Clean
Full
Good Clean
Grupo GP
Crimes & Acidentes
Terras de Gênova
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Condomínio em Foco
Méthodo Gestão Educacional
Grupo Vip
Pro Security
Porto Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
ASC Service
NR Service
Grupo Titanium
ATS Terceirização
Lordello Consultoria
QAP Segurança
Leão Serviços
Seguridade

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Câmeras e Mini-câmeras Email

» Câmera CCD: possui em seu interior um sensor de luz em estado sólido, que é o componente responsável por transformar a luz em sinal elétrico. O nome desse sensor é CCD. Esse tipo de câmera apresenta diversos recursos, como possibilidade de troca de lentes, ajustes de luminosidade, maior qualidade de imagens etc. Essas câmeras são instaladas ostensivamente, para causarem o efeito psicológico de dissuasão da atividade criminosa.

» Mini Câmeras: oferece menos recursos, principalmente em relação às lentes que não podem ser trocadas. Possui o sensor CCD. As mini câmeras, são usadas mais para casos de investigação, sendo instalas de forma oculta ou discreta. Auxiliam na identificação de furtos internos e fraudes.

» Câmera Falsa: instaladas em pontos estratégicos a fim de inibir a intrusão e vandalismo. Não possuem mecanismos de exibição de imagens, apesar da aparência de real. Imitações perfeitas de câmeras verdadeiras para efeito psicológico.


Uma televisão possui em media 483 linhas para formação das imagens. Ao adquirir uma câmera de CFTV é necessário verificar a quantidade de linhas que ela produz. Quanto maior o número de linhas, melhor e mais nítida as imagens.

Existem câmeras que possuem somente 380 linhas e assim não teremos uma imagem de boa qualidade. Em muitos prédios que demos consultoria, verificamos que o sistema de CFTV já instalado, normalmente apresentava péssima qualidade de imagem. Em alguns casos não se vislumbrava a placa de veículos e a fisionomia das pessoas, estando assim, praticamente inoperante o sistema. Câmeras de baixa qualidade produzem imagens sem definição. O ideal é adquirir câmeras com resolução superior a 480 linhas.

CÂMERAS COLORIDAS E PRETO E BRANCO

No mercado encontramos câmeras que registram imagens coloridas e devem ser ligadas a monitores coloridos, pois senão a imagem será em preto e branco. Temos também, câmeras que registram imagens em preto e branco e de preferência devem ser ligadas a monitores monocromáticos (preto e branco), mas podem estar acopladas a monitores coloridos. Em ambientes com pouca iluminação(ex: garagem,escadas etc.) recomendamos as câmeras P/B pois o fato de serem monocromáticas, são mais sensíveis e capazes de captar imagens mais definidas. As câmeras coloridas proporcionam maior riqueza de detalhes, proporcionando imagem nítida das pessoas. Porém, devem ser instalados em locais bem iluminados. Já as câmeras preto e branco tem custo mais acessível e com maior opção de lentes. No geral, necessitam menos de iluminação. Conclusão: as câmeras coloridas possuem uma definição de imagem muito melhor do que as câmeras preto e branco, porem são mais sujeitas a interferências externas e perda de sinal. As preto e branco são mais sensíveis na captação de imagens porem possuem definição mais limitada. Desta forma, nos locais onde a definição de imagem deve ser muito boa (portaria ou local de volume grande de passagem de pessoas), deve-se usar câmeras coloridas, em razão da sua melhor definição. Já nas saídas de garagens e interior de escada, podemos usar tranqüilamente câmeras preto e branco, principalmente pela baixa luminosidade nesses locais.

CÂMERA COM MICROFONE

Diversas câmeras permitem a inclusão de áudio ao sistema, para captação de som. É adequada somente para ambientes internos.

CÂMERAS CCD/TIPOS DE LENTES:

- Lente Comum: não possui correção automática de luminosidade
- Lente com auto-iris: permite a câmera compensar a luminosidade do local e assim conseguimos uma melhor imagem, independentemente da iluminação. Ocorre que essa tarefa tem que ser feita manualmente por meio de movimento mecânico de partes das lentes (obturador da lente)
- Lente com auto-iris eletrônico: a compensação de luminosidade é feita eletronicamente
obs.: temos dois tipos de lentes com auto íris: Lentes DC: tem o controle feito por intermédio de tensão continua, proveniente das câmeras, Lentes Com Controle de Vídeo: tem a íris controlada por meio do sinal de vídeo proveniente das câmeras


DISTÂNCIA FOCAL

O campo ou área abrangida pela câmera é definido pela distancia focal. Encontramos lentes de 4mm, 8mm,12mm etc. Com uma lente de distancia focal pequena abrangeremos uma área maior do que com uma lente de distancia focal grande. Com uma lente de 4 mm termos uma abrangência maior pela câmera e com a lente de 12 mm conseguiremos uma imagem mais aproximada de um objeto distante. Não podemos esquecer das lentes varifocais, que possui distancia focal ajustável


ABERTURA DA LENTE

Para registrarmos objetos com pouco luminosidade, necessitamos de lentes com maior abertura. As minicâmeras ficam prejudicadas nesse quesito pois a abertura da lente da câmera é menor que uma câmera CCD


ILUMINAÇÃO POR INFRAVERMELHO

Uma câmera com o recurso da iluminação infravermelha permite o registro de imagens no escuro. Por outro lado, não devem ser usadas em locais iluminados, pois a imagem apresentara borrada na tela.


CÂMERAS QUE SE MOVIMENTAM

Temos a câmera “PAN” que realiza movimentos horizontais e normalmente ficam dentro de Domus. Para que o operador possa manuseá-la a distancia, faz-se necessário uma mesa controladora. Já o modelo “PAN-TILT” promove movimentos horizontais e verticais da câmera e geralmente é instalada dentro de um Domus. Uma mesa de controle poderá controlar os movimentos horizontais e verticais e também o zoom.


DOMO

É uma cúpula usada para proteger a câmera e também para impedir que algum transeunte saiba para onde à câmera esta direcionada. O Domo é usado para câmeras móveis (Pan ou Pan-Tilt) e normalmente apresenta-se na cor roxo escura.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement