Página Inicial arrow Compra, Venda e Locação de Imóveis arrow A importância do item “segurança” na hora de escolher um imóvel
Sexta-feira - 28 de Janeiro de 2022

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase6.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

NR Service
Grupo Padrão
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Lordello Consultoria
Crimes & Acidentes
FL Terceirização
Grupo Vip
ATS Terceirização
Méthodo Gestão Educacional
Seguridade
Wall Service
Protecães
Porto Service
Avitran
JSEG Vigilância
ASC Service
Grupo Titanium
Full
Condomínio em Foco
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Top Clean
Good Clean
Comunicação Juridica
Terras de Gênova
Life Condomínios
Grupo GP
Pro Security
Leão Serviços
QAP Segurança

Quem está On-line

A importância do item “segurança” na hora de escolher um imóvel Email
Antigamente, ao comprar uma casa, o adquirente exigia alguns requisitos básicos, tais como, beleza, boa localização do imóvel, espaço para lazer dos filhos ou até mesmo para plantar uma horta ou criar pequenos animais.

A importância do item “segurança” na hora de escolher um imóvel A onda de criminalidade em nosso país fez com que as pessoas trocassem suas amplas e confortáveis casas, por apartamentos apertados, mas que oferecem uma sensação de segurança maior.

Outrora, o comerciante procurava um bom ponto comercial na cidade para abrir sua pequena empresa e atender a clientela que passava na calcada. Os tempos mudaram e alguns comerciantes, cansados de serem assaltados sistematicamente em plena luz do dia resolveram migrar para shoppings ou galerias que oferecem mais segurança. Outros mudaram de ramo preferindo ter escritório sem atendimento ao publico, em prédios comerciais.

Em um curso na área de segurança que ministrei em São Paulo em 2001, um comerciante narrou que tinha uma cafeteria na Rua Cerro Corá, no bairro do Sumaré em São Paulo com um faturamento razoável, mas em 24 meses, foi assaltado 32 vezes. Resolveu fechar a loja, mudou de ramo e atualmente presta consultoria de marketing em um escritório num prédio com forte esquema de segurança.

Nos dias de hoje, temos que ter muito cuidado para adquirir um imóvel ou até mesmo montar um comercio, pois devemos pensar inicialmente no item segurança. É de bom alvitre que o interessado na compra, antes de fechar o negócio, faca uma pesquisa no bairro, com moradores e comerciantes para saber se aquela localidade tem sido visitada por marginais ou não. Entendo que outra dica importante é dirigir-se a Delegacia de Polícia do bairro e conversar com o chefe dos investigadores consultando sobre a incidência de crimes, principalmente assaltos na rua e região onde você deseja adquirir ou alugar um imóvel residencial ou comercial. Essa verificação é importantíssima para você avaliar friamente se deve ou não fechar o negócio.

Às vezes o preço atraente, faz com que o comprador aprece o negócio, deixando de verificar a documentação pertinente e também problemas relacionados à chuva (enchentes), segurança etc.

O velho jargão já dizia: "O apressado come cru e quente" ou "A pressa é inimiga da perfeição". Comprar ou alugar um imóvel, não é o mesmo que adquirir uma roupa, brinquedo ou sorvete. Devemos pesquisar analisar, ouvir opiniões, verificar a documentação pertinente e depois de esgotadas todas as cautelas de praxe, concluir o negócio.

Lembre-se de que todas as suas economias de uma vida inteira podem sumir, se você concretizar um mau negócio.

Diz à lenda que um jovem esbanjava toda a fortuna que herdou do pai até que um dia caiu em miséria total. Seu dinheiro foi embora levianamente, levando consigo seus "amigos". Desorientado, ele resolveu procurar o sábio da cidade e indagou: "Senhor, o que mais vai me acontecer, se já perdi dinheiro e amigos?". O mestre não teve duvida na resposta: "não temas rapaz. Posso-lhe garantir que tudo vai acabar bem". O homem abriu um largo sorriso e bradou: "Quer dizer que serei rico novamente?". O sábio balançou a cabeça negativamente e concluiu: "Claro que não. Acredito que você deve se acostumar a não ter dinheiro e amigos".

 

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior
 AdvertisementAdvertisement