Página Inicial arrow Prédios e Condomínios arrow Controle de acesso de veículos com o portão principal e o segundo portão
Quarta-feira - 22 de Outubro de 2014

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase5.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Wall Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Porto Service
Méthodo Gestão Educacional
Leão Serviços
Grupo Titanium
Seguridade
Life Condomínios
Lordello Consultoria
FL Terceirização
NR Service
ATS Terceirização
Terras de Gênova
ASC Service
Pro Security
Protecães
Top Clean
Good Clean
Crimes & Acidentes
Método Lordello de Treinamento em Segurança
JSEG Vigilância
Grupo Padrão
Condomínio em Foco
Comunicação Juridica
QAP Segurança
Avitran
Full
Grupo Vip
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo GP

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Controle de acesso de veículos com o portão principal e o segundo portão Email
CONCLUSÃO IMPORTANTE: No momento em que instalamos o “Segundo Portão”, cria-se automaticamente uma área de reclusão, chamada de “Zona de Investigação” ou “Zona de Confinamento”. Vamos imaginar o que passa na mente de um criminoso que pretende invadir o prédio e esta analisando os aspectos positivos e negativos da segurança patrimonial. Ao observar a existência de dois portão, que nunca estarão abertos simultaneamente, é natural que ele visualize o seguinte problema: ”Puxa, se eu estiver dentro da Zona de Confinamento ou Investigação e os portões permanecerem fechados, estarei definitivamente preso, numa gaiola de ferro”. É essa sensação que devemos criar na mente das pessoas que desejarem entrar no condomínio de maneira escusa ou sorrateira

Após a instalação dos dois portões de segurança, uma grande duvida surgirá: ”Quem vai acionar a abertura dos dois portões?”.
Muitas possibilidades podem ser ventiladas:
a) Somente o porteiro determinará a abertura dos portões.
b) Somente o motorista (morador) determinara a abertura dos portões.
c) Misto entre Porteiro e Motorista. Sem duvida, esta é a melhor opção. Precisamos determinar agora, qual será a ordem e os procedimentos de segurança para o controle de acesso de veículos. Após diversas entrevistas com marginais que tem como especialidade a invasão a predios, síndicos, policiais civis e militares e consultores de segurança, chegamos a um modelo ideal de ação integrada, que devemos dividir em duas partes:
1. PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DOS PORTÕES DA GARAGEM PARA O VEICULO QUE PRETENDE SAIR DO PRÉDIO:
O motorista ao deixar sair de sua vaga na garagem, vai percorrer alguns metros e terá pela frente o chamado “Segundo Portão” que deverá estar fechado. O morador deve acionar o controle remoto determinando a abertura do portão. O condutor continua seu trajeto e ingressara na chamada “Zona de Confinamento” aguardando o segundo portão completar o fechamento. Com os dois portões fechado, o condutor do auto esta em plena segurança, aguardando a abertura do Portão Principal, que deverá ser acionado pelo porteiro, após fazer uma breve analise da movimentação na calcada e rua, defronte a garagem. Não havendo transeuntes e nenhuma pessoa suspeita no local o porteiro aciona a abertura do Portão Principal e o morador deixa o condomínio com extrema segurança.

2. PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DOS PORTÕES DA GARAGEM PARA O VEICULO QUE PRETENDE ENTRAR NO PRÉDIO:
O condutor do veiculo antes de embicar seu carro na calcada do prédio, enfrente ao Portão Principal, com o intuito de ingressar na garagem, deve focalizar metros antes, se não há algum perigo de assalto ou pedestre pelo local. Essa analise, só pode ser feita pelo próprio motorista, pois o porteiro não pode adivinhar a chegada dos veículos. É por esse motivo que a abertura do Portão Principal para entrada no prédio, deve ser feita pelo condutor do auto, mediante controle remoto. O Portão principal se abre rapidamente e o condutor vai ser obrigado a parar seu carro na chamada Zona de Confinamento, enquanto aguarda o devido fechamento do primeiro portão. Nesse momento o porteiro fará uma analise no condutor(morador) e passageiros(se houver), mediante contato visual ou pelo sistema de CFTV e não constatando nenhum perigo, acionará a abertura do Segundo Portão. Entendemos piamente que esses são os procedimentos mais seguros.
A tecnologia definitivamente veio para auxiliar no processo de segurança e dificultar sobremaneira a vida dos bandidos. Podemos acoplar um equipamento na guarita do porteiro, ligado ao controle remoto que fica em poder do morador, que possui um dispositivo de pânico. Como funciona? O controle remoto do motorista serve para acionar a abertura do portão principal como já dissemos. Se porventura, o condutor for rendido na rua e estiver com um marginal como passageiro, que deseja ir ao apartamento da vitima, poderá apertar outro botão, constante do controle remoto, que sinalizara ao porteiro que esta em perigo. Assim, o porteiro poderá tomar as medidas cabíveis, regulamentada pelos moradores em assembléia.



É possível os dois portões de a garagem serem abertos ao mesmo tempo, em razão de deslize dos operadores?
Isso não ocorrerá, na medida em que o sistema eletrônico estiver regulado para que a abertura de um portão esteja atrelada ao completo fechamento do outro. Esse sistema é chamado de intertravamento.

Muitos prédios já foram invadidos pela garagem, pois os marginais utilizaram um veiculo clonado, ou seja, com as mesmas características do auto de um morador. Isso pode ser evitado?
Com os procedimentos que narramos acima, será possível impedir esse tipo de ação criminosa. Nos prédios invadidos com um carro clonado, verificamos que o primeiro portão era aberto pelo porteiro, que confiou apenas na visualização das características do auto. No esquema que estamos apontando, o Primeiro Portão, deve ser aberto pelo motorista que possui um controle remoto para isso.

Com a abertura do Primeiro Portão, um marginal não poderia também acompanhar a entrada do carro?
Lógico que sim. Nada impede que um garoto, fique escondido entre os carros estacionados na rua e corra no momento em que o portão de entrada estiver abrindo ou fechando. Ocorre que, se o meliante for feliz em sua empreitada, ficara recluso na chamada Zona de Confinamento e com certeza provocaria a atenção do porteiro que acionaria a policia militar pelo fone 190. Apesar de percorrer várias Delegacias de Policia, não localizamos Boletim de ocorrência que narrasse esse modus operandi, deveras arriscado para o marginal. A possibilidade existe, mas achamos difícil ser concretizada. A criação da área de confinamento provoca inúmeras dificuldades ao criminoso, que esta a procura de facilidades. Devemos entender que os marginais não desejam correr riscos desnecessários.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement