Página Inicial arrow Furto e Roubo de Veículos arrow Previna-se contra o furto em interior de auto
Segunda-feira - 15 de Agosto de 2022

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase2.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Seguridade
Lordello Consultoria
NR Service
ATS Terceirização
Grupo Padrão
Grupo Vip
Leão Serviços
ASC Service
Life Condomínios
Porto Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Méthodo Gestão Educacional
Comunicação Juridica
Wall Service
Top Clean
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Titanium
Avitran
JSEG Vigilância
Crimes & Acidentes
FL Terceirização
QAP Segurança
Pro Security
Protecães
Condomínio em Foco
Terras de Gênova
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
Grupo GP
Full

Quem está On-line

Previna-se contra o furto em interior de auto Email
O leitor tem carro? Se a resposta for afirmativa continue a leitura, pois trago boas dicas para você não ser ludibriado. 
Previna-se contra o furto em interior de auto
 
Logo na primeira semana do ano tomei conhecimento de três crimes parecidos que estão na moda. Preste atenção na narrativa para não ser a próxima vitima:

1) O arquiteto P.H.L. deixa seu veiculo em um estacionamento particular, pois não tinha vagas na rua. Após cerca de 3 horas retorna ao local, paga a quantia de seis reais e sai rapidamente para atender outro cliente. Ao chegar ao novo endereço, resolve deixar seu automóvel na rua e vê uma placa de transito apontando "zona azul". Imediatamente pega seu talão de zona azul, que guarda no porta luvas, quando descobre que as últimas 5 folhas haviam sido subtraídas. Mais tarde, na Rodovia Ayrton Senna, pára no pedágio e abre o porta moedas para apanhar quarenta centavos e fica surpreso ao perceber que todas as moedas foram furtadas.

2) O representante de vendas J.B.M. aproveita as férias de fim de ano e viaja com sua esposa para o Guarujá. No caminho, constata que o pneu dianteiro do lado esquerdo está furado. Estaciona o veiculo no acostamento, retira toda a bagagem do porta malas, quando leva um susto. O estepe não estava lá. Mas quem subtraiu meu pneu?, pensou J.B.M. Indaguei a vítima se tinha o hábito de deixar o carro em estacionamento particular. O representante de vendas disse que como trabalha com vendas, chegava a parar em 4 estacionamentos distintos por dia de trabalho.

3) O médico D.L.R. tinha o hábito de deixar uma carteira falsa, chamada de "carteira do ladrão" encima do console de seu veículo, contendo cerca de setenta reais e alguns papéis que imitavam documentos. Certo dia, ao sair de um restaurante que apresenta serviço de manobrista, resolveu pegar o dinheiro da "carteira do ladrão" para comprar algumas revistas no jornaleiro. Para sua surpresa, o "ladrão" já havia visitado sua carteira, pois o dinheiro não estava mais lá.

Os pequenos furtos no interior de auto são mais freqüentes do que o amigo leitor imagina. Portanto é imprescindível que o amigo tome algumas precauções:
  • Ao comprar um talão de zona azul, preencha todas as folhas com a placa de seu automóvel, para evitar a subtração.
  • Se você tem o hábito de deixar seu carro constantemente em estacionamentos particulares evite deixar pertences no interior do veiculo. Lembre-se do velho ditado: "Aquilo que não se vê não se deseja".
  • Toda vez que algum estranho dirigir ou manobrar seu automóvel, certifique-se que seu estepe está no lugar de costume. O amigo leitor tem absoluta certeza que seu estepe encontra-se no veiculo? Em caso de duvida, abra ainda hoje o porta mala e faca uma verificação, para não ter surpresa, quando um pneu furar.
  • Uma última orientação se faz necessário. Sou contra o uso da chamada "carteira do ladrão", pois ela se torna um chamariz para que o marginal perpetue o assalto, colocando em risco a integridade física do motorista.
 

 
Dr. Jorge Lordello 
 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement