Página Inicial arrow Compra e Venda de Autos arrow Detalhes para descobrir se o auto está em bom estado ou não
Quinta-feira - 13 de Agosto de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase2.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

QAP Segurança
Grupo Titanium
Life Condomínios
Porto Service
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Comunicação Juridica
Méthodo Gestão Educacional
Condomínio em Foco
Crimes & Acidentes
Top Clean
JSEG Vigilância
Wall Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Avitran
Protecães
Terras de Gênova
Good Clean
Pro Security
Lordello Consultoria
ASC Service
Grupo Vip
Leão Serviços
Grupo Padrão
FL Terceirização
ATS Terceirização
NR Service
Seguridade
Full
Grupo GP

Quem está On-line

Detalhes para descobrir se o auto está em bom estado ou não Email
  1. Para vistoriar um automóvel externamente, faça-o sempre à luz do dia;
  2. Ondulações e amassados podem indicar que o carro foi batido;
  3. Bolha na pintura é indicação de ferrugem;
  4. Portas e o capô devem se encaixar perfeitamente ao serem fechados;
  5. Para saber se os amortecedores estão bons, force o carro algumas vezes para baixo e solte-o. Se balançar diversas vezes, é sinal de que o amortecedor precisa ser trocado;
  6. Pneus lisos podem indicar também problemas com a suspensão, alinhamento ou balanceamento de rodas;
  7. Para saber se furos ou batidas foram consertados com massa plástica, de umas batidinhas com a mão na lataria. Som irregular é sinal de maracutaia;
  8. Embrulhe um imã numa flanela e movimente-o pela lataria. Onde ele se desprender, é sinal de que há massa plástica;
  9. Cheque todos os comandos do carro: faróis, limpadores, desembaçador, pisca-pisca, pisca-alerta, etc...
  10. Examine todos os equipamentos obrigatórios de segurança: extintor de incêndio, cinto de segurança, triângulo, macaco, chave-de-roda e estepe. É sempre bom exigir manual do proprietário;
  11. Verifique se os vidros, portas e retrovisores elétricos estão em funcionamento;
  12. Verifique vazamentos de óleo;
  13. Cheque se o carro apresenta pontos de ferrugem debaixo dos tapetes, do carpete, nos pára-lamas, portas, capô e junto a borrachas e frisos;
  14. Com o motor ligado, acione o freio, pressionando o pé no pedal. Se o pedal baixar aos poucos, há provavelmente vazamento de fluido de freio;
  15. Fique atento se o veículo inclina demais em curvas, ou balança em excesso ao passar por ondulações do piso;
  16. Ruídos constantes em freagens podem significar desgaste nas pastilhas de freio;
  17. Não ligue o rádio do carro e mantenha os vidros fechados, para melhor observar ruídos;
  18. Em um local plano e sem trânsito, solte as mãos da direção e freie. Se o carro puxar para um dos lados, pode haver problemas nos freios, suspensão ou mesmo má calibragem dos pneus;
  19. Pesquise em jornais e revistas especializadas que podem ajudá-lo a ter uma noção de preços e boas ofertas;
  20. Cuidado! Um carro com preço bem menor do que o de mercado pode ter problemas. Ou está em péssimo estado ou foi roubado e adulterado;
  21. Ao encontrar em classificados um veículo que atenda seus interesses, tome alguns cuidados especiais:
. Não faça negócio por telefone;
. Vá a casa ou loja do vendedor;
. Não dê dinheiro adiantado;
. Peça ajuda de mecânico de confiança para vistoriar o carro;
. Nunca vá sozinho.
 
Dr. Jorge Lordello 
 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement