Página Inicial arrow Histórias Fantásticas arrow Ganho menos que mereço, por isso não me esforço.
Terça-feira - 02 de Março de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase6.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Seguridade
ATS Terceirização
Lordello Consultoria
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Leão Serviços
Protecães
Condomínio em Foco
Pro Security
Associação Nacional de Agentes de Segurança
NR Service
Life Condomínios
Crimes & Acidentes
Grupo Padrão
Comunicação Juridica
Méthodo Gestão Educacional
Grupo Titanium
QAP Segurança
FL Terceirização
Porto Service
ASC Service
Avitran
Good Clean
Grupo Vip
Grupo GP
Wall Service
Terras de Gênova
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Full
JSEG Vigilância
Top Clean

Quem está On-line

Ganho menos que mereço, por isso não me esforço. Email

 

No seu trabalho você faz o possível ou entrega o seu melhor? Normalmente, quando entro numa loja, por exemplo, não percebo entusiasmo dos colaboradores em oferecer um atendimento espetacular.

Nesta altura do artigo, algum leitor pode estar pensando o seguinte:

“Poxa Lordello, me pagam pouco, muito abaixo do que eu mereço; em virtude dessa situação, não me sinto motivado a entregar o meu melhor”.

Desculpe a sinceridade, mas esse é um pensamento medíocre. Tenha em mente que o cliente não tem nada a ver com sua insatisfação salarial. Outra pessoa pode pensar diferente: 

“Meu patrão não oferece boas condições de trabalho, por isso fica difícil atender bem a clientela”.

Para esse tipo de colocação, digo apenas que a pessoa deve fazer seu melhor com as condições que possui. Faça o que estiver ao seu alcance, na condição oferecida no momento. Não crie desculpas ou motivos ardilosos para não fazer um trabalha bem feito.

 

Certa vez, ouvi de um funcionário público a seguinte frase:

“Eu trabalho de acordo com o que o governo me paga”.

Imediatamente perguntei se ele estava satisfeito com o salário que recebia no quinto dia útil. A resposta foi a seguinte:

“Eu ganho uma mixaria se levar em conta a responsabilidade do cargo que ocupo”.

Não tive dúvidas e retruquei:

“Quando você prestou concurso, o salário oferecido era do seu agrado?”

Timidamente, ele respondeu:

“Não, mas achei que poderia melhorar com o tempo”.

O certo é fazermos o nosso melhor dentro das condições que nos são oferecidas. A isso damos o nome de entusiasmo. Ter trabalho num país com milhões de desempregados, é uma dádiva que deveria, por si só, entusiasmar qualquer pessoa. 

 

Image 

 

< Anterior   Próximo >