Página Inicial arrow Histórias Fantásticas arrow Seja grato pelo que você tem e não infeliz pelo que não tem
Domingo - 28 de Fevereiro de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
Full
Lordello Consultoria
ASC Service
Grupo Vip
Grupo Padrão
FL Terceirização
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Life Condomínios
Pro Security
NR Service
Condomínio em Foco
Good Clean
Grupo GP
Top Clean
Porto Service
Comunicação Juridica
Wall Service
JSEG Vigilância
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Avitran
Méthodo Gestão Educacional
Terras de Gênova
Protecães
QAP Segurança
Crimes & Acidentes
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Seguridade
Grupo Titanium
ATS Terceirização

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Seja grato pelo que você tem e não infeliz pelo que não tem Email

 

Provavelmente mais do que em qualquer época, nos dias atuais, o que não falta é gente que pede muito e agradece pouco. A palavra que melhor traduz essa postura ou melhor dizendo, essa falta de boa postura de vida, é ingratidão.

Gratidão é um sentimento que faz com que tudo que a pessoa tem hoje e não o que já teve ou deseja ter, seja suficiente para que se sinta privilegiada.

Não valorizar os acontecimentos do dia a dia é um dos maiores erros que alguém pode cometer. Vamos a um exemplo prático e bastante comum. Tem gente que somente valoriza a saúde quando está doente. Aí se recupera da enfermidade e além de não valorizar o fato de estar saudável, passa a reclamar de problemas naturais do cotidiano.

O pensamento correto é, inicialmente, valorizar o que se já tem e ser grato. Isso não impede que se pleiteie metas e sonhos. O errado é valorizar o que não se tem e menosprezar o que se possui.

 

 Quando alguém desenvolve a satisfação diária da gratidão, os médicos apontam que diminui a pressão arterial, libera hormônios importantes que tornam a interação social ainda melhor, além de aumentar a produção de neurotransmissores como a dopamina, que são relevantes para a sensação de felicidade e tantos outros benefícios.

Emocionalmente, a gratidão reduz o sentimento de insatisfação gerado por não termos o que queríamos ter; ajuda a percebermos o que existe de bom mesmo em situações de dificuldades pontuais, auxilia no combate a emoções negativas e, por fim, gera energia positiva suficiente para atingir equilíbrio corpo e mente.

Ser grato é reconhecer o que temos de bom do nosso lado no cotidiano; é valorizar pequenos acontecimentos como se fossem gigantes.

Aqueles que pensam demais no passado ou no futuro, deixam de ter atenção no presente e tendem a não sentir gratidão, muito pelo contrário, o sentimento de falta e vazio se torna cada vez mais intenso. Portanto, amigo leitor, coloque lente de aumento nas coisas boas do seu presente e não nas que deseja mas ainda não alcançou. 

 

Image 

 

< Anterior   Próximo >