Página Inicial arrow Histórias Fantásticas arrow Conheça a diferença entre os realizadores e os “desistidores”
Domingo - 28 de Fevereiro de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase8.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
Good Clean
Grupo GP
Top Clean
Porto Service
Comunicação Juridica
Wall Service
JSEG Vigilância
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Avitran
FL Terceirização
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Life Condomínios
Pro Security
Méthodo Gestão Educacional
Terras de Gênova
Protecães
QAP Segurança
Crimes & Acidentes
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Seguridade
ATS Terceirização
Grupo Titanium
Full
Lordello Consultoria
ASC Service
Grupo Vip
Grupo Padrão
NR Service
Condomínio em Foco

Quem está On-line

Conheça a diferença entre os realizadores e os “desistidores” Email

 

 

Acho curioso como muita gente se relaciona mal com os problemas. Tratam como se fossem verdadeiras duchas de água fria; encaram da pior forma possível e, normalmente, optam por desistir de seus projetos, metas e até relacionamentos afetivos.

Conheci diversas pessoas que desistiram do sonho de passar em concurso público ao serem reprovadas na primeira ou segunda tentativa. Por outro lado, conheço servidor público que prestou 8 concursos seguidos até passar e quando foi aprovado a satisfação pela vitória foi imensa.

Amigo leitor, o inteligente aprende com seus problemas, já o sábio aprende também com os problemas dos outros.

 

Errar faz parte para aqueles comprometidos em sair da zona de conforto para atingir objetivos. E o erro traz experiências para que não tenhamos outros erros. Somente assim crescemos materialmente, afetivamente e espiritualmente.

Mas não podemos cometer dois equívocos quando a dificuldade surge na nossa frente:

1) Desistir de continuar e voltar para a zona de conforto

2) Praticar o mesmo erro. A diferença entre quem desistiu e quem alcançou o objetivo, simplesmente foi a capacidade de persistir e habilidade de ultrapassar ou driblar os problemas; simples assim.

Posso garantir que não existe fórmula mágica e nem o fenômeno chamado “sorte”.

Imagine uma pessoa que tentou montar um grande quebra cabeça. Nos primeiros minutos ficou perdida ao ver tantas “pecinhas” misturadas que, aparentemente, não faziam o menor sentido. Após completar uma hora não conseguiu juntar duas peças sequer. Com a cabeça quente, guardou tudo na caixinha.

 

No dia seguinte não se deu por vencida e começou tudo de novo. Mais atenta e compenetrada, após 45 minutos fez as primeiras junções. Com o passar das horas, o desenho começou a ganhar forma e a brincadeira ficou mais fácil. No quarto dia o cenário estava pronto. Empolgada com o serviço realizado, buscou comprar um quebra cabeça de nível de dificuldade superior.

Assim é a vida dos realizadores...

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >