Página Inicial arrow Histórias Fantásticas arrow Vitimização X Assumir Responsabilidades
Domingo - 28 de Fevereiro de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase8.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
Good Clean
Grupo GP
Top Clean
Porto Service
Comunicação Juridica
Wall Service
JSEG Vigilância
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Avitran
FL Terceirização
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Life Condomínios
Pro Security
Méthodo Gestão Educacional
Terras de Gênova
Protecães
QAP Segurança
Crimes & Acidentes
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Seguridade
ATS Terceirização
Grupo Titanium
Full
Lordello Consultoria
ASC Service
Grupo Vip
Grupo Padrão
NR Service
Condomínio em Foco

Quem está On-line

Vitimização X Assumir Responsabilidades Email

 

Era uma vez um samurai que, mesmo idoso, se dedicava a ensinar arte zen aos jovens. Corria a lenda, de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa dia, um guerreiro, conhecido por sua total falta de escrúpulos, apareceu por lá. Queria derrotar o samurai e aumentar sua fama. O idoso aceitou o desafio e o jovem começou a insultá-lo. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou insultos, ofendeu seus ancestrais. Durante vários minutos fez tudo para provocar, mas o samurai permaneceu impassível.

Sentindo-se já exausto e humilhado, o guerreiro retirou-se. E os alunos, surpresos, perguntaram ao mestre como ele pudera suportar tanta indignidade. E o mestre disse:

“Se alguém chega até você com um presente e você não o aceita, a quem pertence o presente?”

Um dos discípulos respondeu:

“A quem tentou entregá-lo”.

O samurai concluiu:

“O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo”.

Amigo leitor, entenda de uma vez por todas que sua paz interior depende única e exclusivamente de você. Ninguém pode lhe tirar a calma, a não ser que permita. É preciso assumir responsabilidades.

Parece que estamos vivendo a fase que chamo de “vitimização”, ou seja, muita gente encontra a “culpa” de seus problemas e dificuldades nos outros e não em si mesmo. Isso não resolve absolutamente nada, muito pelo contrário, apenas mascara o problema.

 

Image 

 

< Anterior   Próximo >