Página Inicial arrow Proteção e Segurança arrow Quer aprender a converter multa de trânsito em advertência e não perder pontos na CNH?
Quinta-feira - 13 de Agosto de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

QAP Segurança
Seguridade
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Protecães
NR Service
FL Terceirização
Leão Serviços
Grupo Padrão
Top Clean
JSEG Vigilância
Méthodo Gestão Educacional
Condomínio em Foco
Terras de Gênova
Crimes & Acidentes
Good Clean
Wall Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Avitran
Grupo Titanium
Pro Security
Lordello Consultoria
Life Condomínios
ATS Terceirização
Grupo GP
Porto Service
Full
Comunicação Juridica
ASC Service
Grupo Vip

Quem está On-line

Quer aprender a converter multa de trânsito em advertência e não perder pontos na CNH? Email

 

Todo motorista já passou pela péssima situação de receber em casa correspondência do Detram informando-o ter cometido infração de trânsito. De imediato, vem o receio de ter a CNH suspensa. Não adianta reclamar dizendo que foi vítima da chamada “indústria da multa”, pois, na maioria das vezes, o motorista realmente infringiu regra de trânsito.

Mas a notícia que trago aos leitores é muito boa. Pouca gente sabe, mas é possível converter multa de trânsito numa simples advertência por escrito e assim não perder pontos valiosos na carteira de habilitação, além de não precisar pagar nenhum valor.

A intenção do legislador é educar antes de punir!

O artigo 267 do Código Nacional de Trânsito trata dessa possibilidade, mas por incrível que pareça, poucos motoristas sabem.

Vamos direto ao assunto. Para fazer jus a esse direito, é preciso se enquadrar em algumas condições:

-A conversão só é válida para multa leve (3 pontos) ou média (4 pontos) 

-O infrator não pode ter cometido outra irregularidade do mesmo tipo no período de 12 meses anteriores 

Fique atento às orientações para elaborar o recurso:

-O prazo para entrar com o recurso é de 15 dias do recebimento da notificação 

-O infrator deverá, ainda, emitir certidão no site do Detran de seu Estado  

-Juntamente com o recurso, o motorista deve enviar ao órgão emissor cópia da notificação da multa de trânsito, da CNH, do documento do veículo (CRLV), do comprovante de endereço e assinar o requerimento  

Mas faço um alerta ao motorista infrator. A decisão de converter a multa de trânsito em simples advertência caberá à autoridade que irá julgar o recurso.

Veja o que diz o Código Nacional de Trânsito em seu artigo 267:

  

 “Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa”.

É importante caprichar no pedido. Mostre que o recebimento da notificação da multa o fez refletir sobre o erro; que não irá mais repetir essa infração e se comprometa a ficar mais atento às regras de trânsito. Levantamos casos onde ocorreu a denegação, ou seja, a autoridade julgadora constatou que o infrator tinha em seu prontuário multas constantes e por isso não fazia jus ao benefício.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement