Página Inicial arrow Dicas Especiais arrow Alerta para as mulheres – Cuidado com o golpe do namoro
Domingo - 05 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase7.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

Avitran
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Protecães
Porto Service
Lordello Consultoria
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Good Clean
Crimes & Acidentes
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Wall Service
Grupo Padrão
JSEG Vigilância
Seguridade
QAP Segurança
ASC Service
Life Condomínios
Full
Grupo Titanium
Grupo Vip
Pro Security
Leão Serviços
Comunicação Juridica
Méthodo Gestão Educacional
ATS Terceirização
NR Service
Terras de Gênova
Top Clean
FL Terceirização
Grupo GP
Condomínio em Foco

Quem está On-line

Alerta para as mulheres – Cuidado com o golpe do namoro Email

 

Qual o risco de ocorrer problemas se um relacionamento virtual migrar para o real?

A resposta é curta e grossa: depende da intenção de cada um.

Imagine a seguinte situação: uma moça de 39 anos, um pouco carente por estar sem se relacionar há mais de 1 ano, conhece um homem de 45 anos que reside na mesma cidade. Eles mantém contato pelo Skype por 10 dias e depois passam a se falar diariamente através do celular.

A moça se encanta com a gentileza do pretendente. O primeiro encontro é agradabilíssimo; o casal janta num restaurante romântico.

Na hora de pagar a conta, a mulher insiste em dividir o valor, o que é aceito pelo paquera, não sem antes relutar. O namoro caminha de vento em popa. Em um final de semana combinam de ir assistir uma peça num teatro. O homem pede para ela comprar os ingressos e diz que no dia seguinte dará sua metade em dinheiro.

Na outra semana, após viagem de dois dias, ao acertarem a conta no hotel, o rapaz pede que ela pague o valor integral; assegura que durante a semana depositará o dinheiro em sua conta, o que foi feito no prazo aventado.

No terceiro mês de namoro, alegando atraso no recebimento de serviços que prestara na área de contabilidade, ele pede emprestado, por poucos dias, a quantia de R$ 1.500,00. Uma semana depois quita integralmente.

Depois de 20 dias, novamente solicita empréstimo, agora de R$ 3 mil, pois precisa pagar exames para a mãe adoentada. Não demora 4 dias e ele faz o depósito na conta bancária da mulher.

No outro mês comenta que pintou um bom negócio e precisa de R$ 11 mil para concluir um fechamento que num prazo de 30 dias renderia bom lucro e assim eles poderiam fazer uma viagem de navio. A namorada saca o valor de suas economias e entrega ao amado.

  

O problema é que depois de 2 dias ele passa a não atender mais o telefone e desaparece. Na verdade, tratava-se de um golpista muito paciente, que não tinha pressa em armar sua arapuca.

Conforme um antigo ditado popular:

“Se você não emprestar dinheiro, você vai perder o amigo, e se emprestar, vai perder o amigo e o dinheiro. Então, é melhor perder somente o amigo”.

Se alguém lhe pedir dinheiro emprestado e você não atender, fique atento ao que vai acontecer. Se a pessoa se afastar ou a amizade esfriar, é porque os laços afetivos não eram tão estreitos assim.

Aprender a dizer “não” é uma das formas de se manter seguro e não ter prejuízos financeiros.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement