Página Inicial arrow Proteção e Segurança arrow O trânsito no Brasil mata 50 mil pessoas por ano e deixa 400 mil com algum tipo de sequela. Quem é o
Domingo - 29 de Março de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Lordello Consultoria
ATS Terceirização
Protecães
JSEG Vigilância
Leão Serviços
NR Service
Grupo Padrão
QAP Segurança
Porto Service
Grupo GP
Avitran
Full
Good Clean
FL Terceirização
Comunicação Juridica
Wall Service
Terras de Gênova
Top Clean
Méthodo Gestão Educacional
ASC Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Life Condomínios
Seguridade
Grupo Vip
Condomínio em Foco
Crimes & Acidentes
Grupo Titanium
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Pro Security
Método Lordello de Treinamento em Segurança

Quem está On-line

O trânsito no Brasil mata 50 mil pessoas por ano e deixa 400 mil com algum tipo de sequela. Quem é o Email

O trânsito no Brasil mata 50 mil pessoas por ano e deixa 400 mil com algum tipo de sequela.

Quem é o culpado por essa tragédia?

 

 

O Brasil é um dos campeões mundiais em acidentes de trânsito com morte. Em contrapartida, nos países desenvolvidos e atentos com a cultura da prevenção, até os acidentes de pequena monta são difíceis de ocorrer.

Um amigo, recentemente, passou 45 dias no Japão visitando diversas cidades e ficou surpreso por não ver sequer uma discussão de trânsito, local onde encontramos o trinômio: homem, veículo e via.

Em cerca de 94% dos acidentes em nosso país, a culpa foi integral do condutor da moto ou carro. O motorista no Brasil carece de aulas de Direção Defensiva, que ensina a dirigir de modo a evitar acidentes, apesar das habituais ações incorretas dos outros e das condições adversas da pista ou do tempo.

Para que a técnica funcione, é necessário que o condutor respeite os limites de velocidade do local e mantenha distância adequada do carro da frente, pois se estiver colado, o tempo de reação para evitar um problema será mínimo. Curvas acentuadas, dirigir à noite, a aquaplanagem, dirigir sob efeito de álcool e drogas, como também o sono e o cansaço, são condições que podem anabolizar o risco de graves problemas.

Alguns princípios são importantes:

1)Prever a possibilidade de acidentes e ter habilidade de evitá-los

2)Ser capaz de decidir com rapidez e corretamente em situações de perigo

3)Não aceitar desafios e provocações

4)Não abusar da autoconfiança

5)Manter o veículo em boas condições de funcionamento

6)Usar sempre o cinto de segurança

7)Obedecer fielmente as leis de trânsito.

A pressa é inimiga da perfeição. O motorista atrasado para algum compromisso, pode, eventualmente, dirigir em velocidade superior a que está acostumado, aumentando, assim, as possibilidades de se envolver em um acidente.

Por isso, a prevenção no trânsito começa se saindo de casa com folga de horário, o que permite manter um percurso tranquilo, sem estresse e ter tempo de parar para tomar aquele cafezinho saboroso em total segurança.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement