Página Inicial arrow Assédio Sexual arrow Assédio Sexual pode dar cadeia
Segunda-feira - 15 de Agosto de 2022

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Siga-nos no Twitter!

Nossos Parceiros

NR Service
ATS Terceirização
JSEG Vigilância
Crimes & Acidentes
FL Terceirização
QAP Segurança
Pro Security
Protecães
Condomínio em Foco
Terras de Gênova
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Titanium
Avitran
Méthodo Gestão Educacional
Comunicação Juridica
Seguridade
Lordello Consultoria
Top Clean
Grupo Vip
Leão Serviços
ASC Service
Wall Service
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
Grupo GP
Full
Grupo Padrão
Life Condomínios
Porto Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
Assédio Sexual pode dar cadeia Email
O leitor sabe o que é assédio sexual ou importunação ofensiva ao pudor? Tenho certeza que você está interessado (a) em saber mais sobre esse assunto tão polemico. O caso mais famoso de acusação de assédio sexual ocorreu com o Presidente dos EUA, Bill Clinton.

Assédio sexual Em 1991 quando era governador do estado de Arkansas, Bill Clinton teria usado sua posição para pedir á sua funcionária Paula Jones que lhe fizesse sexo oral num quarto de hotel em Lintel Rock. Outra denuncia envolveu ainda a estagiária Mônica Lewinski, que em 1995 começou a trabalhar na Casa branca como voluntária, onde depois foi nomeada para um posto remunerado no Departamento de Defesa. O Presidente foi acusado de ter relações sexuais com a protegida que posteriormente teria sofrido pressões para manter em segredo o ocorrido.

A indústria cinematográfica americana aproveitou bem o tema, produzindo o filme Assédio Sexual. Essa película narra à história de uma executiva (Demi Moore) que tenta seduzir um subordinado, interpretado pelo renomado ator Michael Douglas. O empregado prefere não aceitar os desejos sexuais de sua chefe imediata e com isso, a executiva tenta de todas as maneiras denunciá-lo, falsamente, pelo crime de assédio sexual.
No Brasil, alguns casos ganharam o noticiário da imprensa, como o do empresário que tentava a todo custo sair com uma servente de sua firma, usando de todos os artifícios. Por fim, remeteu á funcionária um conjunto de lingerie vermelha. Sentindo-se pressionada, ela contou o ocorrido á sua família, que achou por bem levar o caso á polícia civil.

Outro caso interessante deu-se em uma concessionária de veículos. Um de seus diretores assediava descaradamente a secretária, que achou por bem fazer algumas gravações das conversas e também guardar os bilhetes enviados pelo sedutor. Cansado de tantas negativas, o diretor ensinou que se a secretária não cedesse a seus caprichos sexuais poderia vir a perder o emprego. A secretária não teve dúvidas e denunciou o chefe pela pratica de importunação ofensiva ao pudor á polícia civil que tomou prontamente as medidas criminais cabíveis.

Portanto, aquelas pessoas que possuem poder posicional em uma empresa ou até mesmo detentores de cargos públicos, sejam homens ou mulheres, devem ter em mente o limite de aproximação em relação ao trato com seus subordinados. Do contrário correrão o risco de serem processados criminalmente pelo crime de assédio sexual e civilmente em ação de ressarcimento por danos morais e materiais.

Em alguns casos, fica claro que a suposta vítima se submete aos desejos sexuais de seu chefe ou patrão já premeditando uma possível chantagem, utilizando como apoio ou escudo a contravenção acima citada.

Assim, chefes e subordinados, patrões e empregados, devem ficar cientes dos riscos que correm ao tentar usar seu status posicional ou empregatício para satisfazer sua lascívia com outra pessoa que, muitas vezes, só está interessada em realizar seu trabalho com profissionalismo e respeito.

O pai pergunta ao filho adolescente: "O que você aprendeu na escola hoje?”. O filho encabulado responde: "Tivemos uma aula sobre sexo". O genitor ergue a voz: "Aula sobre sexo. O que ensinaram?”. O rapaz não perdeu tempo e falou:"Primeiro veio um religioso que disse por que não devemos. Aí um médico nos disse como não devemos. Finalmente, o Diretor fez uma palestra sobre onde não devemos". Entendeu a mensagem?

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior
 AdvertisementAdvertisement