Página Inicial arrow Legislação arrow SERÁ QUE ZEZÉ DI CAMARGO COMETEU INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA DE TRÂNSITO?
Quinta-feira - 21 de Outubro de 2021

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Terras de Gênova
Crimes & Acidentes
Condomínio em Foco
Porto Service
Comunicação Juridica
NR Service
Seguridade
Associação Nacional de Agentes de Segurança
ASC Service
Méthodo Gestão Educacional
Good Clean
Grupo Vip
Life Condomínios
Grupo Padrão
Grupo Titanium
Lordello Consultoria
Leão Serviços
Pro Security
Avitran
Grupo GP
FL Terceirização
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Top Clean
Protecães
QAP Segurança
ATS Terceirização
Wall Service
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
JSEG Vigilância

Quem está On-line

Nós temos 1 visitante online
SERÁ QUE ZEZÉ DI CAMARGO COMETEU INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA DE TRÂNSITO? Email

No começo de junho/2016, o cantor Zezé Di Camargo polemizou em sua conta no Instagram, mas deve ter se arrependido, pois apagou as postagens, que consistiam em série fotográfica com a namorada Graciele Lacerda, rapidamente.
Segundo o próprio sertanejo, por engano, foram parar nunca casa de prostituição, onde o casal teria degustado duas garrafas de champanhe Dom Pérignon; a conta apresentada ficou em torno de R$ 5 mil.

Zezé teria achado o valor “salgado” demais. Se tivesse olhado a carta de vinhos antes de consumir, não teria tido essa surpresa desagradável. Mas esse não é o ponto nevrálgico deste artigo. O cantor teria voltado para sua casa dirigindo e fez questão de postar foto em frente ao seu carro, uma Mercedes SLK, avaliada em R$ 200 mil.
Não sabemos se isso realmente aconteceu, mas se for verdade, ele trasgrediu o código nacional de trânsito, que considera dirigir após ingestão de bebida alcoólica infração gravíssima; prevê multa de R$ 1.915,40, além de consignar 7 pontos na carteira de habilitação do motorista e suspenção por 12 meses da CNH, determinando, ainda, ao condutor, realização de curso de reciclagem em autoescola.
Na esfera criminal, a dor de cabeça aumenta significativamente, pois ao ser flagrado dirigindo embriagado, pode receber voz de prisão, se o policial constatar, através do bafômetro, exame médico, ou por provas testemunhais (bafo etílico, andar cambaleante etc.), que tenha ingerido mais de 0,30mg/l de álcool. A pena para esse delito é de detenção de seis meses a três anos.

No Brasil, o motorista só pode ser multado pelo agente de trânsito no momento em que comete a infração de trânsito ou se tiver imagem captada por radar autorizado e certificado.
Em países desenvolvidos que primam pela prevenção e segurança, qualquer pessoa pode tirar foto ou gravar vídeo de infração de trânsito e enviar para o departamento de trânsito local, que irá apurar os fatos, e se confirmados, lavrará a competente multa.  
Nossas leis têm brechas e furos que os mal intencionados podem surfar na onda do “jeitinho brasileiro”. É por isso que anualmente temos cerca de 50 mil mortes no trânsito, manchando de sangue nossas ruas, avenidas e estradas.

Mas a pergunta que não quer calar é: será que Zezé Di Camargo cometeu infração gravíssima de trânsito? Se cometeu...não será punido!

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement