Página Inicial arrow Legislação arrow Minoria Organizada X Maioria Passiva
Domingo - 05 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase3.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Top Clean
ATS Terceirização
ASC Service
Crimes & Acidentes
Grupo Vip
Grupo GP
Protecães
Lordello Consultoria
Terras de Gênova
Avitran
FL Terceirização
Grupo Titanium
Full
Life Condomínios
Wall Service
Leão Serviços
Porto Service
NR Service
Seguridade
Associação Nacional de Agentes de Segurança
QAP Segurança
Méthodo Gestão Educacional
Good Clean
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Comunicação Juridica
Grupo Padrão
Pro Security

Quem está On-line

Minoria Organizada X Maioria Passiva Email

Quando não se obtém consenso, decisões coletivas devem ser definidas por votação, sendo que a vontade da maioria deve ser respeitada e prevalecer. Isso acontece em nosso dia a dia, nos lares, em assembleias de condomínios, entidades de classe, associações e etc.

Leis votadas na esfera municipal, estadual e federal traduzem o mesmo espírito democrático. Nenhuma legislação agrada a todos; sempre haverá descontentes, mas esses devem ser a minoria.

Atualmente, no Brasil, vicenciamos completa inversão de valores, onde a vontade de minorias organizadas têm frustrado interesses da maioria desorganizada e passiva.

É comum, 40 ou 50 pessoas impedirem o trânsito na Avenida Paulista, um dos principais corredores de veículos de São Paulo. Esses pequenos grupos poderiam utilizar o vão do Masp para expor suas ideias e reinvindicações, sem prejudicar o cotidiano de milhões de paulistanos. Mas por que preferem paralisar boa parte de São Paulo?

Outro exemplo de descalabro ocorreu 03/05/2016, na Escola Técnica (Etec) Professor Basilides de Godoy, na Vila Leopoldina/SP, onde cerca de 150 alunos ocuparam o colégio e paralisaram as aulas. Mais de 1600 alunos não puderem entrar, assim como centenas de funcionários. 10 dias se passaram e a escola continuava acampada. Pais, alunos e funcionários, revoltados com a situação, fizeram prevalecer o interesse da maioria, e assim, retiraram aqueles que impediam o funcionamento do estabelecimento de ensino.

Foram encontrados móveis revirados e computadores danificados. Na sala que abrigava o servidor, foi constatado que os discos rígidos foram arrancados, perdendo-se informações de cerca de 30 mil alunos, um arquivo com mais de 70 anos de existência.        

Por que essa situação de descontrole social é recorrente, apesar de absolutamente negativa socialmente e espúria quanto a sua legalidade? É simples; porque representa interesses de uns poucos, mas que são muito bem articulados e exímios na arte de intimidar e manipular situações políticas na defesa de seus escusos interesses.

Há de tudo permanecer assim enquanto a impunidade e os direitos de uns tantos prevalecer. Mas até quando?  Enquanto quisermos, enquanto você, leitor, quiser. Pelo tempo que demorarmos para escolher melhor nossos lideres; enquanto tivermos, em decorrência de nossas opções, instituições hesitantes e descompromissadas com a legalidade e o bem maior.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement