Página Inicial arrow Cuidados no Dia-a dia arrow 12 dicas de segurança para proteger de assalto seu animal de estimação
Domingo - 05 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase1.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Top Clean
ATS Terceirização
ASC Service
Crimes & Acidentes
Grupo Vip
Grupo GP
Protecães
Lordello Consultoria
Terras de Gênova
Avitran
FL Terceirização
Grupo Titanium
Full
Life Condomínios
Wall Service
Leão Serviços
Porto Service
NR Service
Seguridade
Associação Nacional de Agentes de Segurança
QAP Segurança
Méthodo Gestão Educacional
Good Clean
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Comunicação Juridica
Grupo Padrão
Pro Security

Quem está On-line

12 dicas de segurança para proteger de assalto seu animal de estimação Email

A criminalidade tem voltado suas garras para aqueles que nos enchem de carinho e atenção: os animais domésticos.

Os cães têm sido alvos de furtos, assaltos a mão armada e até do crime de extorsão. Se tiver alto valor no mercado, assim como o Lulu da Pomerânia, Bulldog Francês, Maltês, York Shire, Shih Tzu, Pug e o Lhasa Apso, existe risco de ser subtraído e em seguida o proprietário receber telefonema ameaçador exigindo resgate em dinheiro como forma de recuperá-lo. A extorsão também pode ocorrer, mesmo se o animal roubado não apresentar alto valor, pois, nesse caso, a moeda de troca é o amor que o dono tem pelo bichinho.

Portanto, algumas medidas de segurança são importantes e devem ser colocadas em prática:

1)Não deixe seu animal doméstico sozinho na área frontal da residência, isso pode despertar interesse de bandidos.

2)Muito cuidado ao amarrar a coleira na porta de comércios.

3)Evite sair com o pet à noite, madrugada ou de manhã bem cedo, quando as ruas estão praticamente vazias. Segundo as estatísticas policiais, esses são os horários prediletos dos assaltantes.

4) Grave o número de seu celular na coleira do animal; em caso de fuga, facilitará a localização.

5)Não perca de vista seu cachorro em parques e ruas; em questão de segundos poderá notar  falta dele.

6)Ao levar o animal para passear na rua, procure andar sempre no contra fluxo dos veículos, assim notará qualquer atitude suspeita promovida, principalmente, por bandidos travestidos de motociclistas.

7)Mantenha sempre o animal na guia com coleira e conduza-o ao seu lado, virado para as casas e não para a rua. Em caso de suspeita de criminosos nas proximidades, pegue-o rapidamente no colo e aumente o passo na direção contrária ao suposto perigo.

8)Não deixe o animal sozinho dentro do carro enquanto você faz compras.

9)Já existe no mercado mini rastreador via satélite para ser acoplado em coleiras; em caso de assalto, o proprietário poderá rastrear o animalzinho, descobrir seu paradeiro e acionar a polícia.

10)Outro equipamento com baixo investimento é o microchip, que é inserido de forma subcutânea no dorso do animal.

11)Em caso de pedido de resgate, jamais realize pagamento de forma açodada, provavelmente não devolverão o animal e ainda vão exigir outro pagamento, chamado na gíria policial de repique.

12)Agora, se seu animal de estimação foi subtraído, registre imediatamente Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima. Divulgue fotos dele em mídias sociais e espalhe cartazes nas ruas próximas do crime. Outra orientação importante, é não oferecer recompensa. Essa atitude sujeita o dono a trotes e até a ser vítima de falso sequestro.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement