Página Inicial arrow Cuidados no Dia-a dia arrow Conheça os perigos de manter o recurso geolocalizador ativado no seu smartphone ao postar fotos
Domingo - 05 de Abril de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase2.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Visite nosso canal no Youtube!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Comunicação Juridica
Grupo Padrão
Pro Security
Top Clean
ATS Terceirização
ASC Service
Crimes & Acidentes
Grupo Vip
Grupo GP
Protecães
Lordello Consultoria
Terras de Gênova
Avitran
FL Terceirização
Grupo Titanium
Full
Life Condomínios
Wall Service
Leão Serviços
Porto Service
NR Service
Seguridade
Associação Nacional de Agentes de Segurança
QAP Segurança
Méthodo Gestão Educacional
Good Clean
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco

Quem está On-line

Conheça os perigos de manter o recurso geolocalizador ativado no seu smartphone ao postar fotos Email

É incrível como no Brasil as informações de empresas e pessoas são vulneráveis. Muitas vezes, ao realizar alguma compra, somos solicitados a preencher cadastro pessoal com endereço residencial e eletrônico. Dias depois, começa enxurrada de correspondências com propagandas e ligações de telemarketing para venda, por exemplo, de purificador de água ou apartamento em construção.    

Com o advento das redes sociais, os criminosos mais sofisticados vislumbraram oportunidades incríveis que a facilidade de obtenção de informações privilegiadas de internautas desatentos abria para a prática criminosa.

Muita gente posta, diariamente, fotos que representam estilo de vida e condição econômica. Mostram suas residências com os respectivos números, além de imagens de seus carros onde se pode visualizar as placas e outros detalhes importantes do cotidiano. Com esses dados, se obtém facilmente endereço residencial e do trabalho. Outras postagens tornam possível a identificação do local de estudos de filhos, qual academia de ginástica ou restaurante que frequenta e etc.

Esses fatos nos levam a uma pergunta importante:

Você deixa ligado em seu celular o recurso de geolocalização?

Talvez o leitor não saiba, mas se enviar ou postar uma foto em qualquer rede social e seu smartphone estiver com o geolocalizador ativado, qualquer pessoa poderá ter acesso ao local exato onde você está.  

A polícia de Los Angeles/EUA prendeu, no início de dez/2015, Arturo Galvan, de 40 anos, acusado de subtrair dezenas de calcinhas, sutiãs, joias, além de TVs e iPads. Os investigadores descobriram que o suspeito navegava em diversas redes sociais procurando mulheres que residissem em sua região, e através das fotos postadas por elas com o geolocalizador ligado, planejava invasões às suas casas.

Ele monitorava as vítimas para saber também quando iriam viajar ou tinham balada ou festa programada. Após ter certeza que as residências estariam vazias, ele não encontrava dificuldade para entrar e subtrair pertences, principalmente peças íntimas.

Para ter certeza que o geolocalizador de seu telefone celular está inativo, siga as seguintes orientações: no aplicativo padrão de fotos do Android, escolha a opção configurações e desative a função “salvar localização”.

Já no iOS, vá em Ajustes, depois Privacidade e em seguida Serviços de localização. Siga até o item Câmera e desative a opção.

Aconselho o amigo leitor desabilitar a função geolocalizador para fotos, pois assim não correrá risco desnecessário de se aborrecer por alguma incoveniência de algum desconhecido ou mesmo de alguém de seu relacionamento. E o mais importante, tomando essa precaução, você pode estar evitando ser vítima em ocorrência policial.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement