Página Inicial arrow Protegendo-se das Fraudes arrow Recrutamento e seleção! Candidatos que mentem e omitem
Domingo - 29 de Novembro de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

ASC Service
Life Condomínios
Protecães
Comunicação Juridica
Porto Service
Wall Service
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Vip
Pro Security
ATS Terceirização
Avitran
Seguridade
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Terras de Gênova
Leão Serviços
FL Terceirização
Crimes & Acidentes
Méthodo Gestão Educacional
Lordello Consultoria
Grupo Padrão
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
NR Service
Grupo Titanium
QAP Segurança
Top Clean
Grupo GP

Quem está On-line

Recrutamento e seleção! Candidatos que mentem e omitem Email

Das várias etapas do processo de recrutamento e seleção, entendo que é na “entrevista” o principal momento de se levantar informações a respeito do candidato que disputa a vaga. O objetivo inicial da entrevista é confirmar e checar as informações constantes de seu currículo. É o momento para aprofundar conhecimento sobre sua atuação e competências, além de verificar se atende ao perfil que a posição do cargo exige. A entrevista é também instrumento utilizado para medir a capacidade de comunicação, habilidades de liderança, de argumentação e nível de ansiedade, entre outras qualidades que atendam ou não as necessidades que variam dependendo da empresa.

A entrevista é oportunidade para se checar a maneira como o profissional tem administrado sua carreira profissional; quais valores possui e se está adequado ao cargo e ambiente de trabalho pleiteado. Ao redigir o currículo, o candidato, muitas vezes, indica características que aparentam um determinado nível de experiência ou qualificação, mas que pode não ser real. Durante a entrevista, o selecionador tem a chance de descobrir se quaisquer das informações prestadas são inverídicas ou mentirosas. Portanto, não se deve confiar, de plano, em todas as informações prestadas.

Em nossa exaustiva pesquisa em departamentos de recursos humanos, constatamos a existência de vários tipos de candidatos que merecem cautela especial:

1)Candidato Mentiroso: o candidato que mente para reforçar seu currículo. Vamos a um exemplo prático e real: foi solicitado que uma candidata a uma vaga de analista de recursos humanos apresentasse curriculo em Power Point. Ela trouxe o material, fez apresentação primorosa e assim foi admitida. Dez dias após de ser contratada, foi descoberto que mal sabia ligar um computador. Confessou que o namorado havia feito a apresentação para ela. Foi demitida por justa causa. Muitas vezes, a pressa faz com que os selecionadores deixem de seguir todos os passos necessários.

 2)Candidato que Omite: é aquele que fala meia verdade. Ele acredita que algumas de suas qualificações podem prejudicá-lo no processo de seleção, assim, omite dados importantes e essenciais para a análise do RH.

3)Candidato Mentiroso: levantei diversas investigações realizadas pela polícia civil sobre funcionários que fraudaram empresas. Os casos são muitos e variados, tais como furto, roubo, desvio de informações e até sequestros de donos de empresas. Esse tipo de funcionário, geralmente, se apresenta com documentação falsificada ou adulterada. Sua intenção é entrar na empresa e promover crime de maneira rápida e silenciosa, promovendo prejuizo imediato. Podemos citar os casos de falsas domésticas, porteiros que se infiltram em prédios, casas, bancos e até empresas de segurança para repassar informações e facilitar assaltos etc. Candidato criminoso é aquele que tem como única finalidade entrar em alguma casa ou empresa para cometer crime ou passar informações a comparsas.

4)Candidato com Índole Criminosa: é aquele que, apesar de realmente estar procurando emprego, em razão de seu desvio de conduta e caráter, a possibilidade de promover desfalque é grande, pois sua índole é duvidosa. Começa trabalhando bem, mas quando percebe algum tipo de vulnerabilidade ou falta de controle de dinheiro ou mercadorias, passa a agir na forma de conta gotas, ou seja, aos poucos vai fazendo pequenos desvios, que podem se tornar grandes com o tempo.

Buda disse certa vez que:

“As pessoas precisam aprender a enxergar e a evitar todos os perigos. Assim como um homem sábio se mantêm à distância de um cão raivoso, não devemos nos aproximar dos homens maus”.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement