Página Inicial arrow Protegendo-se das Fraudes arrow Comitê de ética nas empresas; Como criar e para que serve
Domingo - 29 de Novembro de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase6.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Conecte-se ao Facebook!

Nossos Parceiros

ASC Service
Life Condomínios
Protecães
Comunicação Juridica
Porto Service
Wall Service
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Vip
Pro Security
ATS Terceirização
Avitran
Seguridade
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
Terras de Gênova
Leão Serviços
FL Terceirização
Crimes & Acidentes
Méthodo Gestão Educacional
Lordello Consultoria
Grupo Padrão
Full
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
NR Service
Grupo Titanium
QAP Segurança
Top Clean
Grupo GP

Quem está On-line

Comitê de ética nas empresas; Como criar e para que serve Email

Infelizmente, notícias versando sobre corrupção na esfera pública têm sido recorrentes na mídia brasileira. A cultura do “jeitinho” e de “levar vantagem em tudo” também afeta empresas privadas, de pequeno, médio e grande porte. Funcionários promovem desvios, fraudes e até se corrompem, causando rombos financeiros muitas vezes insanáveis.

As despesas com prevenção e repressão do ilícito são orçáveis e praticamente fixas, enquanto o valor dos prejuízos é totalmente imprevisível. As despesas com a repressão tendem a diminuir na medida do seu próprio sucesso, enquanto o valor dos prejuízos tende a aumentar pela deterioração progressiva do ambiente de trabalho. Por isso, é importante adotar o chamado “Código de Conduta e Ética” para todos os colaboradores e implementar Comitê de Ética, que será incumbido de receber as denúncias envolvendo colaboradores e fornecedores na prática de crimes, contravenções penais ou qualquer tipo de descumprimento ao Manual Disciplinar. Os componentes do comitê de ética terão a função de investigar as denúncias apresentadas de forma anônima ou não.  

Outro ponto fundamental, é que o comitê deverá manter sigilo das apurações até suas conclusões, respeitando o princípio da confidencialidade e também não permitir qualquer tipo de retaliação feita ao denunciante de boa fé.        

Portanto, são deveres do Comitê de Ética:

a)Disseminar os princípios éticos e as práticas do Manual de Conduta disciplinar e Ética;

b)Zelar pelo cumprimento dos princípios éticos constantes no Manual

c)Esclarecer possíveis dúvidas dos colaboradores

d)Receber e fomentar sugestões para aperfeiçoamento e atualização das normas disciplinares d)Receber, registrar e apurar denúncias anônimas ou não de desvios de conduta ou de comportamento antiético

e)Disponibilizar todos os canais de comunicação para recebimento de denúncias (fone, fax, e-mail etc.) e promover a divulgação desse serviço em todas as áreas da empresa

f)Disseminar os princípios éticos e as práticas do Manual de Conduta disciplinar e Ética

g)Afastar o temor do assediado de denunciar o ilícito a que for submetido

h)Apurar criteriosamente as denúncias oferecidas

i)Aplicar ao responsável pelo assédio a pena disciplinar correspondente à gravidade de sua conduta, observados os princípios da moderação e da proporcionalidade

j)Tentar a mediação entre os protagonistas do assédio para solução amigável do conflito, quando possível.

Após elaborado, o Manual de Conduta Disciplinar e Ética e criado o Comitê de Ética, todos colaboradores, sem exceção, deverão assinar protocolo de recebimento e tomar ciência das normas de conduta da empresa. O documento ficará arquivado no prontuário do colaborador. 

Campanhas de conscientização das normas disciplinares e do comportamento ético esperado por todos os colaboradores, também devem ser implementadas na empresa. Panfletos, boletins, e-mails e banners são algumas formas de disseminar informações de ordem preventiva dentro da corporação.

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement