Página Inicial arrow Protegendo-se das Fraudes arrow Como identificar golpista em seu comércio?
Domingo - 29 de Novembro de 2020

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase1.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Siga-nos no Twitter!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Leão Serviços
FL Terceirização
Crimes & Acidentes
Grupo Padrão
Grupo GP
Full
Méthodo Gestão Educacional
Lordello Consultoria
ASC Service
Life Condomínios
Protecães
Terras de Gênova
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Good Clean
NR Service
Grupo Titanium
QAP Segurança
Top Clean
Comunicação Juridica
Porto Service
Wall Service
JSEG Vigilância
Condomínio em Foco
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Grupo Vip
Pro Security
ATS Terceirização
Avitran
Seguridade
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!

Quem está On-line

Como identificar golpista em seu comércio? Email

Estima-se que em 2014 o comércio brasileiro sofreu prejuízo de mais de 2 bilhões de reais em razão de transações fraudulentas, principalmente com cartões de crédito, de débito e de bancos.

Enquanto funcionários de lojas trabalham arduamente para ofertar bom atendimento aos clientes, os golpistas agem sem dó nem piedade, prejudicando e, por vezes, inviabilizando a atividade do varejista. Aproximadamente 30% dos usuários de cartões de crédito no Brasil já sofreram fraude; o que torna nosso país o quinto no ranking mundial desse tipo de golpe. O prejuízo é imenso, e acaba repercutindo por toda a cadeia econômica, gerando maiores taxas bancárias, de seguro, entre outras, e, portanto, inflacionando o preço final ao consumidor.

Por isso afirmo que fraude é um evento certo em qualquer empresa e deve ser combatida como fator imprescindível para o sucesso empresarial, particularmente de alguns ramos específicos.

Como agem os golpistas no comércio?

Os golpistas têm preferência por dois horários:

a) Final de turno de trabalho, porque os funcionários já estão cansados e com pressa de ir embora, portanto, a possibilidade de estarem com guarda baixa é maior

b) Horários de pico, ou seja, quando a loja tem maior movimento e a atenção dos funcionários está dividida com várias pessoas ao mesmo tempo. O golpista compra qualquer produto sem se preocupar com a qualidade ou detalhes técnicos!

Fraudadores de lojas dificilmente brigam por desconto ou parcelamento, pois não vão pagar pelos produtos adquiridos. O vendedor deve redobrar atenção se o cliente separar várias mercadorias sem fazer cerimônia. Estelionatários se vestem de acordo com o tamanho do prejuízo que desejam dar.

Golpistas profissionais são pessoas maduras e com excelente aparência. Vendedores precisam se conscientizar que apesar de ser preciso vender, e vender muito, devem sempre ter olhos voltados para segurança! Operadores de caixa precisam ser treinados para detectar o fraudador antes de a venda ser concluída.  

Lembre-se que não adianta vender e não receber!

 

Dr. Jorge Lordello 

 

< Anterior   Próximo >
 AdvertisementAdvertisement